Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia

Ver comentários
São Bento
1.076 visualizações

Após briga em WhatsApp, prefeito é suspeito de atirar contra a casa de vereador

O advogado do prefeito já prestou esclarecimentos e o gestor municipal está sendo aguardado para prestar depoimento.
- Atualizada em
Reprodução/ Folha do Bico

O prefeito de São Bento do Tocantins, Ronaldo Parente (PSDB), é apontado como autor dos disparos que atingiram a casa do vereador Adelsim do Povo (PP), na noite desta terça-feira, 10. Os dois teriam se desentendido após uma discussão em um grupo de WhatsApp.

 

Nos áudios, o prefeito e o vereador trocam ofensas e se chamam de “moleque”. Em uma das mensagens, o prefeito convida o vereador para “marcar um lugar” para os dois se encontrarem. O vereador responde que “a bagagem está no jeito” e que se despediria da mulher.

 

Após a discussão, o prefeito teria ido até a casa do vereador e disparado seis tiros de arma de fogo contra a casa do parlamentar. No momento dos tiros, apenas a mulher, a sogra e os filhos do vereador estavam em casa. Um armário de cozinha foi atingido e uma cortina perfurada.

 

O caso foi registrado na delegacia regional de Araguatins e a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o inquérito já foi aberto e a casa do vereador periciada.

 

O advogado do prefeito já prestou esclarecimentos à polícia e o gestor municipal está sendo aguardado para prestar depoimento.