Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia


Tragédia
1.301 visualizações

Capitania abre inquérito para apurar naufrágio em Pedro Afonso

Nove pessoas estavam na embarcação que naufragou no Rio Sono na noite de ontem. No momento do naufrágio a voadeira era conduzida pelo policial militar, Reinaldo Ferreira Miranda. Uma criança de dois anos de idade identificada como A.A.S. morreu no lo...
- Atualizada em

Uma embarcação do tipo voadeira, naufragou na noite de ontem, 25, por volta 21 horas, no Rio Sono, um dos afluentes do Rio Tocantins, nas proximidades do município de Pedro Afonso.

Em nota encaminhada a imprensa pela Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins (CFAT) nesta segunda-feira, 26, um inquérito já foi aberto para apurar as causas do acidente.

A embarcação no momento do naufrágio era conduzida pelo policial militar, Reinaldo Ferreira Miranda e transportava nove pessoas, sendo cinco adultos e quatro crianças.

Uma criança de dois anos de idade identificada como A.A.S. morreu no local, as demais vítimas foram resgatadas sem ferimentos.

As informações iniciais são de que a embarcação, inscrita na CFAT sob o n° 524M2010002444, pertence à Polícia Militar do Estado do Tocantins e prestava apoio no traslado de pessoas para as comunidades ribeirinhas da vizinhança.

O inquérito administrativo que investiga as causas do acidente e possíveis responsáveis tem o prazo de conclusão de 90 dias. (com informações da Ascom CFAT)