Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia

Ver comentários
Polícia Civil
1.563 visualizações

Deflagrada Operação Medusa que visa combater o narcotráfico no Estado do Tocantins

entre os alvos da operação, estão autores de incêndios em transportes coletivos na Capital, em Araguaína e em Rio Sono, na região do Jalapão.
- Atualizada em
Foram presos integrantes de facção criminosa Divulgação

A Polícia Civil do Tocantins deflagrou na manhã desta quinta-feira, 15, simultaneamente em cinco cidades do Estado, a Operação Medusa, visando combater o narcotráfico por facção criminosa de renome nacional com atuação no Tocantins. O delegado Wanderson Chaves de Queiroz, responsável pela operação, explica melhor aqui as ações dos agentes da civil.

 

Dentre os alvos da operação, estão autores de incêndios em transportes coletivos na Capital, em Araguaína e em Rio Sono, na região do Jalapão. Todos os ataques ocorreram   em 2018 como forma de “batismo” ou entrada na referida facção criminosa, inclusive com citações denominadas “salve” à referida facção como prova de ascenção no ambiente criminal.

 

Nesta operação, estão sendo cumpridos 25 mandados de prisão preventiva e busca e apreensão. Na mitologia grega, a Medusa era o ser supra-humano representada pelo sexo feminino, significada com serpentes no lugar dos cabelos. Quem a olhava diretamente nos seus olhos automaticamente se transformava em pedra. Para eliminá-la, apenas um golpe certeiro em sua cabeça eliminaria seu histórico de maldades.

 


A Polícia Civil informa que mais informações serão repassadas em algumas horas.