Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia


Em Araguaína
536 visualizações

Festa com cerca de 100 pessoas é interrompida pela PM em Araguaína

Segundo estimativa da polícia militar, pelo menos 100 pessoas estavam presentes no local gerando aglomeração. Os organizadores do evento estavam cobrando ingressos de R$10
- Atualizada em
Divulgação Ascom PM

A Polícia Militar e o Departamento Municipal de Postura e Edificações da Prefeitura Municipal de Araguaína (Demup), realizou uma operação para interditar uma festa que ocorria na madrugada deste sábado, 29, em Araguaína, próximo ao Jardim dos Ipês. O episódio descumpriu decretos estaduais e municipais em vigor, que disciplinam nesses tempos de crise sanitária, eventos e aglomerações.

 

Segundo estimativa da polícia militar, pelo menos 100 pessoas estavam presentes no local gerando aglomeração. Os organizadores do evento estavam cobrando ingressos de R$10 por pessoa. Esse tipo de festividade está proibido pela administração pública municipal e pelo governo do estado em razão da pandemia do novo coronavírus.

 

Após alguns questionamentos feitos aos participantes, ficou evidenciado que os promotores do evento estavam também vendendo bebidas alcoólicas a alguns menores desacompanhados de seus responsáveis.

 

O Tenente Glauco – CPU, relatou sobre a gravidade da situação “que nesse momento a capacidade de atendimento médico às vítimas da Covid 19 está em colapso devido a lotação dos leitos disponíveis na rede pública e privada de saúde, e um evento desses além expor a população pode proporcionara proliferação do coronavírus e ampliar o risco trágico proporcionado pela pandemia”.  

 

Também foi encontrado em posse de um dos participantes 3 papelotes de substância análoga a cocaína.

 

A equipe do Demup tomou todas as providencias administrativas com relação ao evento, inclusive fechando o local e autuando os responsáveis. Todas as pessoas envolvidas na organização do evento, inclusive os menores, bem como demais materiais ilícitos foram apresentados ao delegado de plantão para as providencias cabíveis.