Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia

Ver comentários
Arma foi um machado
2.253 visualizações

Homem acusado de matar morador de Taquaruçu e jogar corpo em cisterna é preso

Na delegacia, homem confessou o homicídio, indicando, inclusive, onde teria escondidos os pertences roubados da vítima, dentre eles R$ 180 reais.
- Atualizada em
SSP TO - Divulgação

Foi preso no começo da tarde desta terça-feira, 20, um homem de 48 anos, de iniciais L.P.O, acusado de ser o autor da morte de Antônio Felício Siqueira da Silva, de 53 anos, cujo corpo foi localizado na noite desta segunda-feira, 19, em uma cisterna na zona rural de Palmas. Após relutar sobre sua autoria do crime, ele confessou e disse ter atingido a vítima com um machado.

 

Segundo o delegado Amaury Santos Marinho Júnior, o acusado foi a última pessoa a ser vista na companhia de Antônio Felício. Na residência dele, os policiais da 1ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoas (1ª DHPP), apreenderam 20 munições de calibre 22. Por estar de posse deste material, ele foi preso também por posse ilegal de munição.

 

Na delegacia, ele foi ouvido novamente, quando confessou a autoria do homicídio, indicando, inclusive, onde teria escondidos os pertences roubados da vítima, dentre eles R$ 180 reais que Antônio Felício portava quando foi morto. “Ele disse que o golpe de machado que atingiu a vítima foi acidental, porque no momento em que ele cortava madeira, a vítima se aproximou e foi atingida”, disse o delegado.

 

A versão do autor, assim como as circunstâncias do delito e sua motivação, serão ainda investigadas, mas a Polícia Civil já apurou que o suspeito utilizou um carrinho de mão para transportar o corpo da vítima até uma cisterna localizada próxima à residência onde o crime ocorreu.

 

O acusado poderá responder por homicídio qualificado, furto e ocultação de cadáver. O delegado arbitrou fiança de R$ 50 mil reais ao investigado e vai pedir sua prisão preventiva, que deverá ser recolhido à Casa de prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. 

Notícias sobre:

prisão homicidio cisterna