Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia

Ver comentários
Operação da Denarc
3.510 visualizações

Mãe e filha que geriam uma das bocas de fumo mais movimentadas de Palmas são presas

Admara, de 33 anos, administrava a “boca” e Leonora, sua mãe, de 67, guardava a quantidade mais expressiva do estoque de drogas da boca de fumo em uma casa nas imediações da residência da filha
- Atualizada em
Drogas, dinheiro e equipamentos foram apreendidos Divulgação/Denarc

Na noite de ontem, 12, equipes da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (Denarc) prenderam em Palmas Admara G. F., de 33 anos, e sua mãe Leonora G. F., de 67 anos, suspeitas de gerenciar uma das mais movimentadas bocas de fumo da cidade, localizada em uma residência da quadra 1206 Sul.

 

Conforme a delegada titular da Denarc, Luciana Coelho Midlej, Admara administrava a “boca” e Leonora, sua mãe, guardava a quantidade mais expressiva do estoque de drogas em uma casa nas imediações da residência da filha. Ainda segundo a delegada, a ação foi deflagrada após o recebimento de mais de 10 denúncias anônimas informando sobre a intensa movimentação de usuários de drogas, entrando e saindo do local.

 

A dupla foi presa em casa, onde foram apreendidas várias porções de crack, maconha, balança de precisão e aproximadamente R$ 500 em dinheiro, proveniente da venda de entorpecentes, além de aparelhos de televisão, caixas de som e outros objetos, que seriam produtos de origem criminosa e que foram trocados por drogas na boca de fumo.

 

Após serem detidas, Admara e Leonora foram conduzidas à sede da Denarc, onde foram autuadas pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico e depois recolhidas à Unidade Prisional Feminina de Palmas.