Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia


Operação Borduna
112 visualizações

Mais de 80 cartões do Bolsa Família e contas particulares são resgatados pela polícia

A operação Borduna foi realizada em desfavor de comerciantes que estariam, em tese, retendo cartões bancários dos povos indígenas Xerente, idosos e demais pessoas
- Atualizada em
Descrição: Cartões estão disponíveis na sede da Delegacia para serem resgatados pelos donos Divulgação/Polícia Civil do Tocantins

Deflagrada nesta quinta-feira, 26, em Tocantínia, a operação Borduna da Polícia Civil do Tocantins recuperou 83 cartões do Bolsa Família e 51 outros cartões de contas particulares e outros benefícios.

 

O delegado-chefe da 69ª Delegacia de Polícia de Tocantínia e responsável pela operação, Hismael Athos, informa que os cartões estão disponíveis na sede da Delegacia para serem resgatados por seus legítimos proprietários, que devem comparecer munidos de documentos pessoais que comprovem a titularidade do cartão.

 

A operação Borduna foi realizada em desfavor de comerciantes que estariam, em tese, retendo cartões bancários dos povos indígenas Xerente, idosos e demais pessoas. Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos e apreendidos os cartões e anotações referentes a senhas.

 

Conforme o delegado Hismael Athos, as investigações iniciaram após o Ministério Público Federal (MPF) enviar notícia crime para Polícia Civil de que cartões bancários referentes a auxílios do Governo Federal eram retidos por comerciantes daquela cidade para garantir o pagamento de produtos alimentícios adquiridos pelas vítimas em estabelecimentos comerciais específicos.

 

O delegado, Hismael Athos, informou ainda, que os cartões permaneciam de posse dos comerciantes e, à medida que os benefícios eram depositados, os respectivos valores eram debitados das contas. Segundo a autoridade policial, há indícios de que os comerciantes sabiam inclusive as senhas bancárias dos indígenas e realizavam esses saques mensalmente.

 

Hismael Athos ressaltou que é crime reter cartão de idoso. Informou ainda, que inicialmente, a Operação servirá de alerta para que os povos indígenas tomem posse dos seus documentos e cartões pessoais.

 

Operação Borduna

 

A operação foi batizada de Borduna em homenagem espécie de armamento indígena com o referido nome, fabricado em madeira maciça e utilizado em caçadas ou mesmo para em situações de ataque e defesa dos povos indígenas.