Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia


Crime em Colinas
12.947 visualizações

Menor invade residência, esfaqueia mãe e criança de 4 anos: bebê de 1 ano morreu

Crime brutal em Colinas do Tocantins: um menor invadiu uma casa e esfaqueou mãe e dois filhos: uma menina de quatro anos sobreviveu, mas o bebê de um ano e meio morreu no local
- Atualizada em
Descrição: Família foi esfaqueada no quarto Araguaína Notícias

Um menor de idade invadiu uma residência por volta das 7h30 da manhã desta quarta-feira, 23, em Colinas do Tocantins e esfaqueou um bebê de 1 ano e 6 meses anos, que morreu no local, a irmã de apenas 4 anos e a mãe das meninas. O crime chocou os moradores e até a polícia da cidade.

 

O menor, que não pode ter o nome divulgado, é conhecido como "Neguinho da Máfia" e é considerado de alta periculosidade, tem 16 anos de idade, completa 17 na semana que vem, no dia 29, e tem várias passagens pela polícia. De acordo com a PM de Colinas, o menor foi apreendido no final desta manhã e é vizinho das vítimas.

 

Segundo a Polícia Civil, o menor invadiu a casa para roubar. Ao entrar ele colocou uma faca no pescoço da mãe e pediu dinheiro e celular. Depois a amarrou e tentou manter relações sexuais com a vítima, mas ela reagiu e houve luta corporal, os filhos da dona de casa começaram a chorar e nesse momento todos eles foram esfaqueados.

 

Conforme informações da PM, após cometer o crime o menor se escondeu numa residência próxima à casa das vítimas, onde foi encontrado dentro do guarda-roupas.

 

A Polícia Militar negou que o bebê esfaqueado até a morte, Lucas Bonfim de Jesus Guimarães, de um ano e meio, tenha sido decaptado. Boatos na cidade eram de que o autor tinha decepado a cabeça da criança.

 

A mãe da criança assassinada, Cristiane de Jesus Rosa, de 31 anos, e a outra filha, de 4 anos, Anna Caroliny de Jesus Rosa, foram encaminhadas para o Hospital Municipal de Colinas com marcas de violências e facadas na região do pescoço. Mas, por causa da gravidade dos ferimentos, as duas foram encaminhadas para o Hospital Regional de Araguaina (HRA). A menina só completa 5 anos no dia 15 de novembro.

 

Segundo a assessoria de comunicação do HRA, Cristiane e Anna Caroliny deram entrada no hospital por volta das 10h e passaram por procedimentos médicos e cirurgia. Segundo as informações, o estado delas é grave.

 

O adolescente infrator foi encaminhado a Vara da Infância e da Juventude para os procedimentos cabíveis e permanece a disposição do Poder Judiciário.

 

(Matéria atualizada às 08h33 do dia 24/07 com novas informações)