Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia


Plantão de Polícia
943 visualizações

PM desvenda furto em chácara de Taquaruçu e devolve móveis furtados para proprietária

Em Boletim de Ocorrência, registrado pela dona, foram levados de sua propriedade uma geladeira, sofás, camas, rack, adega de vinhos, lustres, cristaleira entre outros utensílios domésticos
- Atualizada em
Reprodução

Edimar Silva Martins conseguiu recuperar, na noite desta quinta-feira, 8, seus pertences que haviam sido roubados em sua chácara localizada em Taquaruçu. Conforme a Polícia Militar, o crime foi desvendado após um indivíduo conhecido na região pela prática de vários delitos e que possui uma extensa ficha criminal, ser abordado na porta de uma casa na posse de objetos da vítima levados dias atrás. 


 

“Eu quero agradecer o desempenho da Polícia Militar que não mediu esforços para recuperar minhas coisas. Minha Chácara foi roubada no último sábado ( dia 3), às 21h, em Taquaruçu. Chegou um pessoal com caminhão de mudança e carregou tudo” disse a vítima em vídeo divulgado nas redes sociais na madrugada desta sexta, 9. 

 


 

Em Boletim de Ocorrência (B.O.), registrado pela Edimar, foram levados de sua propriedade uma geladeira, sofás, camas, rack, adega de vinhos, lustres, cristaleira entre outros utensílios domésticos. 


 

Captura do suspeito 


 

O suspeito do crime tem 29 anos e vive na região de Taquaruçu. Informações da PM dão conta que ao ser abordado com objetos da vítima, o mesmo tentou fugir em direção a uma residência que estava de portão aberto. Equipe de rádio patrulha da PM fez o acompanhamento na busca de abordar o suspeito. 


 

Ao adentrar no interior da residência, foram encontrados os itens furtados na chácara, em Taquaruçu. Ao questionar aos vizinhos, foi identificado que a casa em que o indivíduo entrou, era a sua própria residência. 


 

Após verificar os objetos furtados, foi chamada a funcionária da chácara que foi furtada para fazer o reconhecimento dos objetos. A mesma confirmou que seriam os objetos furtados. Ao realizar a consulta da vida pregressa pelo sistema Infoseg, foi observado que a funcionária da chácara era irmã do possível autor do furto.


 

 Os objetos e a funcionária foram encaminhados à delegacia de plantão, onde foram realizados os procedimentos cabíveis.