Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia


Contra servidores
1.507 visualizações

Polícia cumpre mandados de busca para investigar crimes contra administração pública

Nas residências dos servidores públicos da Seciju foram apreendidos comprovantes bancários, notebooks, pendrives e celulares.
- Atualizada em
Divulgação/Secretaria da Segurança Pública

Na manhã desta terça-feira, 22, a Polícia  Civil do Tocantins (PC-TO) com o apoio da Operação Horus, deflagraram a operação Barra Limpa, qual visa coibir a prática crimes contra a administração pública praticados por servidores no âmbito da Secretaria de Cidadania e Justiça do Estado do Tocantins (Seciju-TO).

Coordenada pelo Delegado Jodivan Benevides, titular da 3° Deic Araguaína foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão na cidade de Araguaína. Nas residências dos investigados foram apreendidos comprovantes bancários, notebooks, pendrives e celulares.

 

A operação foi realizada por meio 3° Deic, do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE), Delegacia de Repressão a Roubos (DRR), 2ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP-Araguaína), 2ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (Denarc - Araguaína) e Polícia  Militar (PM TO).

Operação Hórus Vigia

Dentro das prioridades de combate ao crime organizado, violentos e corrupção, o Ministério da Justiça e Segurança Pública tem entre seus projetos estratégicos o Programa VIGIA. O objetivo é blindar o país da entrada de armas, drogas e produtos contrabandeados pelos cerca de 16 mil quilômetros de fronteira.  Entre as linhas de atuação estão as operações integradas, aquisição de equipamentos, capacitações e bases operacionais com integração de sistemas. No Tocantins a operação é executada em conjunto pelas polícias civil e militar.