Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia


Estado
1.611 visualizações

Serra arde com queimadas: força tarefa com 100 homens está na frente do combate ao fogo

O Corpo de Bombeiros e a Guarda Metropolitana combatem os focos de incêndio na Serra do Carmo. Uma força tarefa formada por mais de 70 homens trabalha no local neste momento para evitar que o fogo se alastre para outras àreas....
- Atualizada em

Apenas de 1º de janeiro a 9 de junho de 2009, em Palmas, foram registradas pelo Corpo de Bombeiros 388 ocorrências de fogo em vegetação, em áreas urbana e rural.

Nos últimos dias um dos cartões postais de Palmas tem apresentados diversos focos de incêndio, a Serra do Carmo, que possui cerca de 72 km de extensão. A noite os focos ficam mais visíveis, é possível ver a vegetação queimando.

Nesta terça-feira, 10, para combater o fogo na Serra e evitar a propagação das chamas para outras áreas, foi montada uma força tarefa com mais de 30 bombeiros e brigadistas da Guarda Metropolitana. O efetivo não foi suficiente e recebeu reforço de mais 40 recrutas do exército nesta tarde.

O cenário do incêndio florestal é formado por grandes extensões de área, com terreno acidentado e de difícil acesso, vegetação seca e ventania. O combate é extremamente desgastante para os profissionais, que enfrentam altas temperaturas e a baixa umidade relativa do ar.

Corpo de Bombeiros

A equipe coordenada pelo Corpo de Bombeiros está concentrada na área próxima a antiga estrada de Aparecida do Rio Negro. Devido à proximidade da cidade, a fumaça trazida pelo vento causa mais riscos à saúde pública.

Os bombeiros contam com o apoio de duas viaturas de combate a incêndio florestal, que comportam 600 litros de água cada, mas a maior parte do trabalho será executada com bombas costais e abafadores pelos 25 militares empregados.

Guarda Metropolitana

Em cima da Serra, no Parque Estadual do Lajeado, está a equipe coordenada pela Guarda Metropolitana. A área de preservação ambiental conta com o serviço dos seis brigadistas do Parque e mais 12 da Guarda Metropolitana. A equipe tem o suporte de um veículo com reservatório de água.

Capital

Na área urbana de Palmas, desde o início da estiagem, duas equipes têm feito o combate dos focos de calor diariamente. As equipes têm o suporte dos caminhões ABT (auto-bomba tanque).

Curso

No período de 18 a 22 de agosto, a Escola de Formação de Bombeiros ministra o Curso de Prevenção e Combate a Incêndio Florestal aos integrantes do 22º Batalhão de Infantaria do Exército. O curso terá 150 horas de aulas teóricas e práticas. (Com informações da Ascom Bombeiros)