Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia


Crime
186 visualizações

Suspeito de homicídio contra morador de rua, jovem de 24 anos é preso em Paraíso

Crime teria sido motivado por supostas dívidas de drogas contraídas pela vítima
- Atualizada em
Descrição: Paraíso do Tocantins Divulgação

No final da tarde da última sexta-feira, dia 10, policiais civis da 6ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (6ª DEIC), de Paraíso do Tocantins capturaram um indivíduo de 24 anos, suspeito de ser o autor de homicídio praticado contra um morador em situação de rua, ocorrido poucas horas antes, na madrugada do dia 10, naquela cidade.

  

Coordenada pelo delegado-chefe da 6ª DEIC, Antônio Onofre Oliveira, a ação foi deflagrada logo depois que os policiais civis tomaram conhecimento da localização de um cadáver por populares, no Setor Limeira, região afastada do centro urbano.

 

Os investigadores identificaram o principal suspeito de praticar o crime. Assim, com o aprofundamento das diligências, os agentes partiram em perseguição e conseguiram localizar o indivíduo no período da tarde, na cidade de Paraíso.

 

O suspeito é um homem de 24 anos de idade, com histórico criminal extenso e ao ser interrogado pelo delegado, afirmou que a vítima estava com muitas dívidas de drogas, tendo sido esta a motivação para o crime. A vítima tinha 35 anos, era morador em situação de rua e dependente químico e foi atingida com golpes de faca no pescoço e tórax.

 

Por meio das investigações, os policiais civis descobriram que o suposto autor montou uma emboscada para atrair a vítima e assim consumar o intento criminoso. Na residência do indivíduo foram encontradas a faca utilizada no crime e vestimentas, ambos com vestígios de sangue.

 

Diante dos fatos, o homem foi autuado, em flagrante, pelo crime de homicídio duplamente qualificado e, após a realização das providências legais cabíveis, o homem foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Paraíso do Tocantins, onde permanece à disposição do Poder Judiciário.

 

As investigações acerca do homicídio prosseguem no sentido de apurar participação de demais envolvidos no crime.