Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia

Ver comentários
Crime
5.610 visualizações

Taxista é morto na porta de casa em Palmas: filho de 8 anos teria presenciado

O taxista estava trocando um dos pneus do carro, na porta de casa, quando foi morto por um homem que pedia informações sobre a quadra.
- Atualizada em
Crime ocorreu na porta da casa do taxista TV Anhanguera

Um taxista foi morto na manha deste sábado, 10, na quadra 106 Norte, em Palmas. A vítima identificada como Alan Kardec de Oliveira tinha 41 anos. O homem estava na porta de casa trocando um dos pneus do carro usado para trabalho, um Fiat Doblô, quando foi abordado por um estranho que pedia informações da quadra. Após alguns instantes, o autor disparou contra o taxista. Há informações de que outro homem aguardava o criminoso na esquina e, após os disparos contra Alan Kardec, teria dado fuga ao autor do crime. Um filho de oito anos do taxista teria presenciado o assassinato do pai.

 

Segundo as informações iniciais, cinco tiros teriam acertado o trabalhador nas costas, no rosto e no pescoço.

 

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, o inquérito será instaurado na segunda-feira, 12, e inicialmente o delegado não descarta nenhuma hipótese. Ainda não há indicação de quem sejam os assassinos, nem qual motivo teria levado ao crime. A perícia esteve no local e recolheu evidências que podem ajudar a elucidar o crime que chocou a classe de taxistas na capital.

 

Segundo pessoas que conheciam a vítima, Alan Kardec tinha frota de taxi atuando em dois pontos de Palmas, um ponto no aeroporto e outro próximo ao supermercado Big.

 

Até as 16h30 deste sábado o corpo do taxista não havia sido liberado do IML. O corpo será velado primeiro no Centro Espírita da quadra 603 Sul, mas por um breve momento. Em seguida seguirá para o município de Jaraguá, em Goiás, onde será sepultado.