Palmas, Tocantins -
Senado Federal
1.874 visualizações

1º Suplente, Donizetti pede licença para Bispo Guaracy assumir vaga: 'ele contribuiu'

Para Donizetti, Bispo Guaracy merece assumir, já que "ele também contribuiu para a conquista do mandato"
- Atualizada em
Donizetti Nogueira, petista e 1º suplente de Kátia Abreu Divulgação

Com a licença de Kátia Abreu (PDT) do Senado Federal prevista para iniciar no dia 1º de novembro, seu primeiro suplente, Donizetti Nogueira (PT), que assumiria o cargo, também tirará uma licença particular, para que o Bispo Guaracy (PSDC), segundo suplente, assuma o cargo da senadora no próximo mês. Segundo a senadora, ela passará um tempo dedicando-se a estudos e ao planejamento da sua atuação política nos próximos quatro anos.

 

O petista contou ao T1 Notícias que considera justo abrir espaço para que o Bispo assuma agora, já que tanto contribuiu também para a conquista do mandato. “Diante da Licença da Senadora Kátia Abreu, para  prestigiar o 2º Suplente, Bispo Guaraci, estou também me licenciando em interesse particular para que a posse dele se efetive.”

 

“E como estive durante 15 meses à frente do mandato, como é conhecimento de todos, considero essa uma atitude correta de o Bispo Guaraci assumir, pois ele também contribuiu para a conquista do mandato”, explicou.

 

O afastamento por interesse particular, sem remuneração, é previsto pelo Regimento Interno do Senado. Em novembro, Kátia fará um curso na universidade britânica de Oxford, na Inglaterra, a convite da Fundação Lemann. O Encontro de Altas Autoridades Brazil Rising II reúne líderes políticos e empresários para debater gestão pública com especialistas renomados internacionalmente.

 

A senadora - que acaba de disputar a Vice-Presidência da República na chapa de Ciro Gomes (PDT) - destacou em nota, que o afastamento dá oportunidade de o suplente, Bispo Guaracy, da Igreja Quadrangular, assumir uma cadeira no Senado.

 

“Os suplentes são líderes políticos importantes que foram eleitos pelos tocantinenses na minha chapa. Em um mandato de oito anos, é importante que eles tenham essa chance”, disse Kátia Abreu, lembrando que o primeiro suplente, Donizeti Nogueira, assumiu o mandato por um ano e três meses entre 2015 e 2016, período em que a senadora foi Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.