Palmas, Tocantins -
Comando da FNP

Amastha assume interinamente a presidência da Frente Nacional de Prefeitos nesta 4ª

Com agendas no Congresso e com representantes do governo federal e do poder judiciário, Carlos Amastha assume como presidente em exercício da FNP pelo período de 10 de janeiro a 20 de fevereiro
- Atualizada em
Amastha permanece na presidência até o dia 20 de fevereiro Secom Palmas

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, assume interinamente a presidência da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) em cerimônia de posse que será realizada na sede da entidade, em Brasília (DF), nesta quarta-feira, 10, às 14 horas.

 

Nas redes sociais, a FNP anunciou a posse e convidou a todos para assistir ao vivo a cerimônia pela internet. O evento será transmitido na página da FNP no Facebook.

 

Amastha seguirá no cargo até o dia 20 de fevereiro e dará continuidade às ações da FNP. Para o período já estão previstas agendas no Congresso e com representantes do governo federal, do Poder Judiciário e de instituições, voltadas ao desenvolvimento dos municípios.

 

Em sua conta no Twitter, Amastha comemorou o momento. “Bom dia Palmas. Finalmente chegou o dia. Com muito orgulho vamos honrar Palmas e todos os municípios brasileiros. As 14:00 posse como presidente da Frente Nacional de Prefeitos. Te amo Palmas”. Em outro perfil que possui no Twitter, Amastha informou que já está em Brasília aguardando o momento da posse. “#PosseAmasthaFNP Já estamos em Brasília para esse importante momento à frente da FNP. Fique ligado em nossas redes sociais. A partir das 13h entraremos ao vivo!”.

 

Frente Nacional de Prefeitos

 

Fundada em 1989, a FNP é a única entidade municipalista nacional dirigida exclusivamente por prefeitas e prefeitos em exercício dos seus mandatos. Tem como foco de atuação os 400 municípios com mais de 80 mil habitantes (critério indicador de cidades médias, segundo estudo da CGLU e IPEA). Esse recorte abrange 100% das capitais, 60% dos habitantes e 75% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. A entidade é organizada em diretoria executiva, vice-presidências temáticas, por faixa populacional, estaduais e um conselho fiscal.

 

A FNP tem como missão zelar pelo princípio constitucional da autonomia municipal, visando garantir a participação plena e imprescindível dos municípios no pacto federativo. Para isso, a FNP adota no âmbito dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, medidas coletivas em sua defesa. A FNP também tem como objetivo promover a participação ativa dos entes locais nas questões urbanas e na interlocução ampla e democrática com os três poderes no âmbito estadual e federal, e com a sociedade civil organizada.