Palmas, Tocantins -
Eleição suplementar
738 visualizações

Amastha garante 'vamos ao TSE e campanha pelo voto continua normalmente'

'Não existe jurisprudência que impeça nossa candidatura', disse Amastha ao defender que pode ser candidato a governador
- Atualizada em
Candidato do PSB tem candidatura barrada, mas vai recorrer ao TSE Divulgação

Após ter seu registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO) na tarde desta terça-feira, 15, Carlos Amastha, candidato ao cargo de governador pela coligação 'A Verdadeira Mudança' declarou à imprensa que  vai recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e continuará sua campanha pelo voto normalmente. 

 

“Vamos correr para ter a manifestação do TSE. Não existe jurisprudência que impeça nossa candidatura. Eleição suplementar, regras sem definir. Sabíamos que iria para Brasília de qualquer forma", declarou Amastha. 

 

A posição do candidato a governador foi divulgada em nota pela sua assessoria de imprensa, ressaltando que o seu departamento jurídico recorrerá ao TSE para reformar decisão da corte regional tomada nesta terça-feira. Ele reforça que a sua campanha eleitoral continua normalmente por todo Estado em busca dos votos dos tocantinenses para que possa resolver os sérios problemas do Tocantins.