Palmas, Tocantins -

Política


Câmara de Palmas
1.705 visualizações

Amastha já tem maioria na Câmara: grupo define nome para disputa da presidência

O grupo de apoio ao prefeito eleito, que já conta com 12 dos 19 vereadores que assumem na Câmara na próxima legislatura, define o nome de quem vai disputar a presidência da Casa.
- Atualizada em
Descrição: Câmara de Palmas Lourenço Bonifácio

O prefeito eleito de Palmas, Carlos Amastha (PP), já conquistou maioria na Câmara de Vereadores de Vereadores de Palmas. Isto porque dos 19 vereadores eleitos para a próxima legislatura, 12 já estariam confirmados na base do prefeito. De acordo com o vereador Folha (PTN), o grupo agora define o nome de quem irá disputar a presidência da Casa. A definição deve sair até o próximo dia 15.

“Ainda estamos conversando, mas até o próximo dia 15 teremos o grupo de partidos que irão apoiar o prefeito definido e provavelmente o nome que irá disputar a presidência da Casa”, declarou.

De acordo com o vereador, até o momento, as discussões indicam que o grupo será composto pelo PTN, PR, PP, PSB, PPS, PTC e com apenas o apoio de um vereador do PSD, Valdemar Júnior. Folha disse que, até o momento, o grupo conta com o apoio de 12 vereadores, que irão apoiar a gestão de Amastha.

“Nós estamos conversamos ainda, mas até o momento o grupo conta com 12 vereadores que irão apoiar o grupo do prefeito, e desse grupo sairá o candidato à presidência”, disse.

Nomes

Segundo Folha, além de seu apoio, até o momento, Amastha já tem em seu Grupo, os vereadores: Milton Neris (PR), que tenta obter na Justiça o direito de assumir a vaga, Jucelino Rodrigues (PTC), Valdemar Junior (PSD), Marilon Barbosa (PSB), Major Negreiros (PP), Claudemir Portugal (PPS), Etinho Norteste (PPS), Junior Geo (PSB), Pastor João Campos (PSC), Valdison do PT, e Lúcio Campelo, este último, segundo Folha, ainda não confirmou sua participação no grupo, mas está discutindo o apoio ao prefeito. 

Notícias sobre:

tocantins palmas camara de palmas