Palmas, Tocantins -

Política


Em Miracema
595 visualizações

Aumento do salário de vereadores gera polêmica e votação é adiada para mês de agosto

O valor atual de um vereador é de R$ 7.596,00 e com o novo projeto iria para R$ 9.495,00; o presidente da Câmara, Edilson Tavares, no entanto, adianta que o projeto não será votado nessa legislatura
- Atualizada em
Reprodução

A Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Miracema do Tocantins protocolou no dia 26 de junho o Projeto de Resolução que dispõe a fixação do subsídio dos parlamentares municipais. O projeto seria votado na segunda-feira, 29, mas como a informação vazou, a matéria foi retirada de pauta e deve ser votada no mês de agosto, porque o Legislativo entrou de recesso.

 

O valor atual de um vereador de Miracema é de R$ 7.596,00 e com o novo projeto iria para R$ 9.495,00. O presidente da Associação Comercial de Miracema, Pedro Quixabeira, ao tomar conhecimento do projeto, criticou a iniciativa e disse que o prédio da Câmara deveria ser incendiado.

 

"Ele não pode tocar fogo na Câmara, porque o prédio é um patrimônio histórico, sob o risco de ser processado e pagar caro por isso", reagiu o vereador Nasci da Ótica (PSC), que manifestou ser contrário ao projeto, juntamente com mais dois parlamentares.

 

O presidente da Câmara, Edilson Tavares (MDB), disse ao T1 Notícias nesta  terça-feira, 30, que o projeto está fora fora de cogitação e que a Mesa Diretora entrou em um acordo para que a matéria não seja votado nesta legislatura. 

 

"Isso não passa de especulação política", afirmou ao se referir sobre a reação do presidente da Associação Comercial e de lideranças políticas que fazem críticas ao trabalho do Legislativo.

 

No início deste ano, a Câmara Municipal aprovou um Projeto de Resolução dizendo que o aumento do salário dos vereadores somente a partir de janeiro de 2021. Esta resolução diz que o salário do presidente e do vice-presidente serão, respectivamente, de 50% e 25%, mas não pode exceder 2/3 do valor do subsídio do chefe do Executivo, que atualmente é de R$ 14 mil mensais.