Palmas, Tocantins -

Política


Sul do Estado
692 visualizações

Bancada reage a discurso de Carlesse em Gurupi e reafirma compromisso com Estado

Bancada Federal diz que  todos os deputados federais e senadores do Tocantins jamais vão se furtar de ajudar os municípios, o Estado e sua população
- Atualizada em
Descrição: Carlesse durante coletiva de imprensa em Gurupi Divulgação

A bancada do Tocantins no Congresso Nacional, hoje liderada pelo deputado federal Tiago Dimas, emitiu uma nota em que reage ao discurso do governador Mauro Carlesse (PSL) durante coletiva de imprensa realizada nesta segunda, 28, em Gurupi, quando o mesmo estava visitando as instalações de um hospital do Estado na cidade.  “O gestor opta por ataques de baixíssimo nível, utilizando expressões não condizentes com alguém que deve ditar os comandos para o bom funcionamento da gestão pública”, ressalta a nota.


Carlesse, durante a coletiva de imprensa em Gurupi, menciona que a população não vai querer votar em pessoas que já fizeram um estrago nesse Estado. "E ainda finge que é um coitadinho, aquela política velha, política suja, de tapete velho”, observa. E, continua dizendo que o Estado precisa de “sangue novo, de pessoas que têm compromisso com o povo”.


Ao ser questionado pela imprensa local de quem ele estava falando, o governador teria mencionado que o “lixo político é o passado, exceto um ou dois ex-governadores, mas o resto só fizeram foi roubar este Estado e deixar falido. Agora aparecem todos como se fossem santinhos, assim como senadores e deputados que nunca fizeram nada para o Estado que ficam falando que o nosso governo não está bom. Bom era os deles que estava arrebentando a família dos tocantinenses”, disse o gestor, conforme noticiou o Atitude Tocantins. 


Para a bancada, o governador deveria ter citado nomes, o que demonstrou do gestor neste ato “falta de coragem”. Mesmo sem saber sobre quais políticos Carlesse se referia em sua fala, o grupo apresentou números que elucidam o trabalho da Bancada em Brasília nestes últimos anos. Carlesse teria também mencionado que a demora na entrega do Hospital Geral de Gurupi, com oito anos de obra, ocorreu devido à falta de empenho de grupos políticos. 

 

"De 2018 até 2020, a Bancada Federal foi responsável por um aporte de R$ 751 milhões para o Tocantins somente em emendas coletivas. Deste total, R$ 285,6 milhões foram diretamente para o governo do Estado, administrado por Mauro Carlesse. Ademais, muitos outros milhões de reais foram garantidos para o Estado, bem como para o governo, via emendas individuais ou por articulação direta de parlamentares junto à União”, aponta o documento.


Por fim, a Bancada Federal diz que  todos os deputados federais e senadores do Tocantins jamais vão se furtar de ajudar os municípios, o Estado e sua população.