Palmas, Tocantins -
Inquérito Parlamentar

Câmara define presidência e vice da CPI do PreviPalmas

A presidência ficou com Milton Neris (PP) e a vice-presidência com Vandim do Povo (DC).  O relator da Comissão será indicado pelo presidente na proxima reunião
- Atualizada em
Cleober Taquara/Câmara

Foi definida no plenário da Câmara na sessão desta quarta-feira, 13, a presidência da Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) do Previpalmas. A presidência ficou com Milton Neris (PP) e a vice-presidência com Vandim do Povo (DC).  O relator da Comissão ainda será indicado pelo presidente na próxima reunião que pode ocorrer na quarta-feira, 20, informou a assessoria da Câmara.

 

A CPI investiga os investimentos de risco do Instituto de Previdência dos servidores municipais.  Isso se configurou através da retirada de investimentos feitos em bancos oficiais como Caixa Econômica Federal para que fossem colocados em corretoras de credibilidade questionável.  Aberta em 2018, a CPI encerraria em janeiro, mas foi prorrogada por mais 90 dias.

 

Composição

 

Além de Neris e Vandim também são titulares da Comissão Laudecy Coimbra (SD), Tiago Andrino (PSB) e Gerson Alves (PSL).  Já a suplência é composta por Etinho Nordeste (PTB), Major Negreiros (PSB), José do Lago Folha Filho (PSD), Jucelino Rodrigues (PTC) e Moisemar Marinho (PDT).

 

Indicações  

 

A aprovação dos nomes passou pelo crivo das bancadas. Vandim, Laudecy e Neris, foram indicados por Rogério Freitas (MDB), líder da maior bancada. Já Andrino e Gerson Alves entraram pelo bloco da minoria, sendo indicados pelo Major Negreiros. Sem partido ou composição de bloco, Hélio Santana, que brigava pela vaga deixada por Léo Barbosa (SD), hoje deputado, ficou de fora.

 

Notícias sobre:

câmara municipal de palmas