Palmas, Tocantins -

Política


Pronunciamento
1.662 visualizações

Carlesse diz que vai esclarecer acusações e provará sua inocência: “Estou tranquilo"

Em vídeo, Carlesse fez o seu primeiro pronunciamento após ser afastado do comando do Governo do Estado
- Atualizada em
Descrição: Governador Mauro Carlesse foi afastado por 180 dias Divulgação

Em seu primeiro pronunciamento, após ser afastado do comando do Governo do Estado por 180 dias, Mauro Carlesse (PSL) agradeceu o apoio dos amigos, daqueles que confiam no seu trabalho e declarou que está aguardando a documentação relacionada às acusações que motivaram o afastamento temporário.

 

"Só estou aguardando e assim eu poderei esclarecer aos senhores o motivo exato daquilo que estão me acusando, porque neste momento os meus advogados não têm nenhum tipo de informação, a não ser as informações que estão aí nas redes sociais", ressaltou Carlesse. 

 

Ele ainda afirmou que está tranquilo e provará sua inocência. "Quero agradecer a toda a comunidade que tem me apoiado, me ajudado, tem me mandado mensagens de carinho, e dizer que brevemente estaremos de volta, com fé em Deus, e provarei sim a nossa inocência, a minha inocência, e continuaremos trabalhando para que o Tocantins cresça e se desenvolva cada vez mais. Um grande abraço", finalizou. 

 

Entenda o caso

 

Mauro Caresse e alguns secretários foram afastados por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), para que seja investigado suposto pagamento de propina ligados ao Plano de Saúde dos servidores públicos do Tocantins, assim como a obstrução de investigações iniciadas por delegados de Polícia Civil, que foram transferidos, ao comandar processos por crimes de corrupção envolvendo membros de primeiro e segundo escalão do governo. 

 

Na última quarta-feira, 20, a Polícia Federal realizou duas operações, cumprindo mandados de busca e apreensão. A operação Éris investiga a Secretaria de Segurança Pública do Estado, suspeita de obstruir as investigações, utilizando-se de instrumentalização normativa, aparelhamento pessoal e poder normativo e disciplinar contra os policiais envolvidos no combate à corrupção. 


Já a operação Hygea apura o esquema de pagamentos de vantagens indevidas relacionadas ao Plansaúde e a estrutura montada para a lavagem de dinheiro, assim como demonstrar a integralização dos recursos públicos desviados ao patrimônio dos investigados.