Palmas, Tocantins -
Eleições 2014
8.909 visualizações

Carta renúncia de Siqueira Campos é lida na AL: Sandoval toma posse emocionado

O secretário-chefe da Casa Civil fez a leitura da carta renúncia de Siqueira Campos em sessão extraordinária na noite dessa sexta-feira, 4, na Assembleia Legislativa...
- Atualizada em
Sandoval se emociona ao ser empossado governador T1 Notícias

Sem a presença de Siqueira Campos e não conseguindo esconder o nervosismo Sandoval Cardoso abriu a sessão extraordinária na noite desta sexta-feira, 4, na Assembleia Legislativa. Logo no início ele convidou o secretário-chefe da Casa Civil, Renan Arimatéa Pereira, a adentrar no Plenário, em seguida convidou o ex-senador da República Eduardo Siqueira Campos.

“Passo a palavra ao secretário da Casa Civil para fazer a leitura da mensagem enviada pelo governador do Estado, sempre governador do Estado do Tocantins, José Wilson Siqueira Campos”, declarou Sandoval muito emocionado e com os olhos já lacrimejados.

Às 21 horas desta sexta-feira, 4, o secretário chefe da Casa Civil fez a leitura da carta renúncia de José Wilson Siqueira Campos no Plenário da Assembleia Legislativa.

“Com a mais elevada honra e o dever de gratidão, dirijo-me a Vossa Excelência e ilustres pares para comunicar minha renúncia ao mandato de governador que me foi concedido pelo povo nas eleições de 2010”, diz a carta.

Siqueira Campos diz ainda que “Foi um privilégio e uma grande honra ter servido ao Estado do Tocantins, dividindo com Vossas Excelências a responsabilidade pela condução do nosso povo ao destino de grandeza que a história lhe reserva”.

A carta é encerrada com a seguinte frase: “Renovo a Vossa Excelência e ilustres pares a expressão do meu mais elevado apreço e reconhecido agradecimento”.

Sandoval mal conseguia falar após a leitura da carta renúncia, mas encerrou a sessão extraordinária já convocando uma outra logo em seguida.

Nenhum deputado da oposição compareceu à sessão. Estavam presentes os dpputados: José Geraldo (PTB), Osires Damaso (DEM), Iderval Silva (SD), Stalin Bucar (SD), Solange Duailibe (SD), Wanderlei Barbosa (SD), Ricardo Ayres (PSB), Vilmar do Detran (SD), Carlão da Saneatins (PSDB), Jorge Frederico (SD), Eduardo do Dertins (PPS), Amélio Cayres (SD), além do presidente da Casa, Sandoval Cardoso.

A renúncia de Siqueira Campos e do vice-governador João Oiveira foi antecipada pelo Portal T1 Notícias em primeira mão na noite desta quinta-feira, 3.

 

Sandoval é empossado

Osires Damaso reabriu a sessão e convidou o deputado Sandoval Cardoso para, de pé, prestar o compromisso e fazer o juramento.

“Prometo manter, defender, cumprir e fazer cumprir as Constituições Federal e Estadual, observar as leis, promover o bem geral, sustentar a união, integridade e desenvolvimento do Estado. Prometo”, disse Sandoval na tribuna da AL.

Em seguida o deputado José Geraldo leu o termo de posse, informando que “prestado o compromisso foi declarado e empossado governador do Estado do Tocantins. Sandoval Lobo Cardoso”.

Sandoval assinou o termo de posse às 21h36, sorridente demonstrou estar feliz e aliviado. “Declaro empossado no cargo de governador pelo prazo legal”, afirmou o deputado Osires Damaso, que assume agora a presidência da Casa de Leis.

Ainda muito emocionado Sandoval recebeu o primeiro abraço do ex-senador Eduardo Siqueira Campos. Aos 37 anos de idade Sandoval é o primeiro governador do Solidariedade no Brasil, partido criado no ano passado.

A esposa de Sandoval e a esposa do ex-senador estavam presentes na solenidade.

 

(Atualizada às 9h24 de sábado, 05/04)