Palmas, Tocantins -

Política


Balanço do INTERLEGIS
374 visualizações

Com Interlegis, Folha diz que Câmara de Palmas ganha mais independência

No encerramento de oficina Intelegis, presidente da Câmara de Palmas, vereador Folha, disse que parceria com o Senado oportunizou modernização do legislativo tocantinense
- Atualizada em
Cleober Taquara

No encerramento da Oficina Interlegis, Marcos Jurídicos, na manhã desta sexta-feira, 30, o presidente da Câmara Municipal de Palmas, vereador José do Lago Folha Filho, ressaltou em entrevista ao Portal T1 Notícias, a oportunidade para o legislativo do Tocantins avançar na modernização dos regimentos.  “Pude observar que os municípios que participaram, estiveram aqui através dos seus vereadores, dos seus procuradores, dos seus agentes públicos... a Câmara de Palmas oferece com o Senado Federal essa oportunidade de aprender trazendo mais de 45 municípios do Tocantins, para fazer a modernização nos seus regimentos internos, nas suas leis orgânicas”, destacou Folha.

 

Para o vereador, com a discussão referente às mudanças no Regime Interno e na Lei Orgânica, um dos benefícios será o incentivo a participação da população mais ativamente das atividades parlamentares. “Com certeza Tocantins ganhou e Palmas ganhou”, disse Folha.

 

Entre os maiores problemas discutidos no encontro, segundo o vereador, é a falta de transparência dos municípios perante a população e também que a Lei Orgânica, hoje vigente, que não consegue atender com eficiência as demandas da população.

 

Empoderamento dos Vereadores

O vereador ressaltou, também, que a modernização traria menos dependência do legislativo municipal com o executivo. “Através das alterações no Regime Interno e na Lei Orgânica, faz com que o legislativo se comportem de forma igual ao executivo e o executivo tenha sempre que precisar das atividades parlamentares”.

 

Defendeu também um maior diálogo entre ambas as partes.  “Converse e dialogue e endentam que a população ganha quando andam de forma harmoniosa”.

 

Sistema Sei

Durante a entrevista, Folha disse que em setembro a Câmara de Palmas estará realizando convênio com o senado para a instalação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI), que depois se estenderá aos municípios tocantinienses.  

 

Oficina Interlegis

O seminário, que visa a atualização dos marcos jurídicos municipais, começou no dia 26 e foi encerrado nesta sexta-feira, 30. Foram cinco dias de treinamento, nos quais vereadores e servidores de Câmaras de quase 50 cidades tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e conhecer a realidade de outros municípios do Tocantins.