Palmas, Tocantins -
Eleições 2020
2.247 visualizações

Deputado Gleydson Nato "sonha" ser prefeito de Gurupi e comenta sobre Laurez

Nato tenta se cacifar para a disputar a prefeitura de Gurupi. Nesta entrevista, também faz críticas à gestão Laurez Moreira.
- Atualizada em
Deputado estadual Gleydson Nato Pereira (PHS) Romilton Messias

Em entrevista exclusiva, Gleydson Nato (PHS), anunciou na sexta-feira, 23, seu desejo de ser pré-candidato à Prefeitura de Gurupi, visando concorrer ao cargo nas eleições de 2020. Conforme o Deputado, à sua pretensão tem o objetivo de “ajudar um território tão sofrido, e tão esquecido, como são as regiões Sul e Sudeste” do Estado.

 

Nato afirma sem restrições, que sair “de vice” de Walter Júnior nas eleições municipais de 2016, “atrapalhou um pouco” a lograrem com êxito a corrida eleitoral. Na disputa daquele ano, seu adversário político, o candidato Laurez Moreira (PSB), hoje filiado ao (PSDB), foi reeleito com 51,42%, e Walter Junior (PSDB), hoje na legenda (MDB), ficou em segundo lugar com - 19.503 votos - 48,58%.

 

Sobre a administração Laurez, o pretenso candidato salienta que “o prefeito tem feito o básico. Ele tem pago os funcionários e fornecedores em dias, mas a questão de atrair novos investidores, atrair novas empresas, e com isso gerar emprego e renda, isso tem deixado muito a desejar. A prova maior é o desemprego em Gurupi”, argumentou Gleydson.

 

Confira a entrevista completa:

 

Quais planos na política do Tocantins?

 

Os nossos planos e objetivos na política do Estado do Tocantins, é simplesmente ajudar uma região tão sofrida e tão esquecida, como é a região Sul e Sudeste. Durante toda a campanha eleitoral, fizemos questão de deixar claro que nós éramos candidatos dessas duas regiões. Infelizmente nosso projeto não deu certo, mas nós conseguimos assumir o mandato, estamos aí pra trabalhar juntamente com o Governador (Mauro Carlesse) para trazer benefícios e benfeitorias para região Sul e Sudeste.

 

Sobre as Eleições de 2020, o senhor é candidato?

 

Sou filho de Gurupi, fui o segundo vereador mais votado em Gurupi em 2012, tive 1.479 votos. Sempre trabalhei bastante na política Gurupiense, é um sonho de todo político, é almejar um cargo maior. Se eu falar que não tenho o sonho de ser prefeito da minha cidade, da cidade onde eu nasci, eu estaria mentindo.

 

 Quais cargos você exerceu?

 

Fui Diretor Financeiro e Administrativo da Secretaria Municipal de Ação Social por mais de 12 anos, Vereador em Gurupi, Chefe de Gabinete do Mauro Carlesse, quando ele exercia a presidência da Assembleia Legislativa, fui presidente da Jucetins, e agora estou no mandato de deputado estadual.

 

Você se sente preparado para administrar uma cidade como Gurupi?

 

Preparado sempre estivemos para qualquer desafio. Quando você diz preparado, você tem de cercar-se de uma equipe muito boa, de profissionais na área jurídica, pessoas competentes em qualquer área que estejamos atuando. Tudo isso com muita dedicação e trabalho.

 

Já ocorreu dentro de seu partido e em conversas com aliados sobre essa possibilidade? Como tem se configurado a sua decisão de ser pré-candidato à prefeito de Gurupi?

 

Como eu falei, estou pronto para enfrentar qualquer desafio, estamos aguardando as definições de nosso grupo, porque ninguém faz política sozinho, é o grupo que tem de estar alinhado, o grupo que tem de estar muito bem definido, enfim, é a vontade do povo gurupiense que vai definir o nosso destino. 

 

Caso você chegue a se eleger, o que os gurupienses podem esperar de sua gestão? E qual será a sua principal bandeira na campanha?

 

Se eu for candidato a prefeito de Gurupi, se Deus e o povo nos conceder a vitória, pode esperar muito trabalho como nós sempre fizemos, em todos os cargos que assumimos. Agora recentemente assumi a presidência da Jucetins, deixamos a nossa marca registrada, com muito trabalho, muita humildade e simplicidade, e assim tenho feito por onde passamos.

 

O tempo é curto da sua presença na Assembleia Legislativa, mas dentro desse período o que o deputado tem de plano para trazer para Gurupi, e regiões Sul e Sudeste? 

 

O período curto, mas pode ter certeza que vai ser muito bem aproveitado, não estamos parando um só segundo, estamos envolvidos bastante para trazer benefícios para Gurupi, e as regiões Sul e Sudeste. Estamos juntos com o Governo, somos parceiros de primeira hora do Governador, e ele parceiro nosso. Nós entendemos que é com muito trabalho e ação de fato que as coisas irão acontecer.

 

Você já iniciou ou tem algum planejamento para continuar desenvolvendo economicamente o município de Gurupi? Pode citar exemplos?

 

Sim, temos algumas ações que estamos fazendo juntamente com o Governador. Eu acredito que uma das saídas nossas, da região Sul e também Sudeste, é a TO-500, que vai ligar o Tocantins ao Mato Grosso. Isso é uma luta de muitos anos, e com fé em Deus o nosso Governador juntamente com nosso empenho e de todas as pessoas que querem o bem do Estado do Tocantins, o bem da região Sul e Sudeste, esse sonho vai se concretizar.

 

Gleidson, outra questão que incomoda os Gurupienses é a segurança pública, o senhor como prefeito, caso seja eleito, quais as medidas preventivas que podem serem adotadas?

 

A questão de segurança em Gurupi, ela já esteve bem pior do que está agora. O Governador ele tem feito muitos investimentos na área de segurança, equipando a Polícia Militar, equipando a Polícia Civil, com armamentos, viaturas e investimentos nos meios segurança do estado do Tocantins, e é com isso que iremos amenizar a questão da insegurança pública.

 

Caso você chegue a ser alvo de Fake News na campanha, como o senhor reagirá contra essas notícias falsas?

 

A questão da mídia hoje, da era digital, devemos conseguir entender que ela veio para ajudar, e ao mesmo tempo aquelas pessoas maldosas, aquelas pessoas que não preocupam com o bem do Estado, com o bem de uma nação, com o bem de um município, elas tentam disturbar de todas as formas possíveis a imagem de seus adversários políticos. Graças a Deus, nós não temos inimigos pessoais em nossa vida, mas temos aqueles adversários políticos, aquelas pessoas que realmente se sentem com inveja de não ter chegado aonde nós chegamos, mas iremos agir de forma natural, não adianta, tem de agir de forma natural. E só o tempo, e aquelas pessoas que nos conhecem realmente, podem saber que qualquer notícia plantada não é verdade.

 

No seu ponto de vista, qual a sua avalição da administração do prefeito Laurez? Falta gestão em alguma área? O que pode ser implantado de novo?

 

Eu costumo falar que o prefeito Laurez, ele tem feito algumas coisas em Gurupi, assim como todos os outros prefeitos que por aqui passaram, todos deixaram sua parcela de contribuição. O prefeito Laurez tem feito o básico, ele tem pago os funcionários e fornecedores em dias, mas a questão de atrair novos investidores, atrair novas empresas, e com isso gerar emprego e renda, isso tem deixa muito a desejar. A prova maior é o desemprego em Gurupi.A questão de ter aumentado demais os impostos municipais, isso espantou os possíveis investidores, os possíveis empresários que aqui viriam se instalar. Nós perdemos muito, inclusive para o município vizinho nosso, Cariri.

 

No seu ponto de vista o que faltou na primeira tentativa de galgar o Executivo Municipal, quando então Walter Júnior e o senhor disputavam o pleito eleitoral municipal contra o atual prefeito de Gurupi?

 

Aquela eleição municipal, nós disputamos ela com curto período de tempo, uma eleição rápida, uma eleição que a gente já vinha sendo preparado para disputar, mas infelizmente eu sai de vice, isso atrapalhou um pouco nosso projeto. Eu costumo sempre dizer, tudo acontece no tempo da vontade de Deus. Não podemos ficar chateados com o acontecido, temos que erguer a cabeça e continuar lutando e tendo fé em Deus. Sempre a hora certa, a hora que Deus quiser, as coisas vão acontecer.