Palmas, Tocantins -
Assembleia Legislativa

Deputados estaduais aprovam gestão compartilhada no PlanSaúde

Para o SISEPE-TO, a garantia de melhoria pelo PlanSaúde passa pela criação de um conselho administrativo formado por três membros do Executivo e três representantes dos servidores públicos
- Atualizada em
Ises Oliveira - AL TO

A Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira, 18, o requerimento, de autoria da deputada estadual Vanda Monteiro, que requer ao Governo do Estado a implantação da gestão compartilhada do PlanSaúde, com participação do Executivo e representantes dos servidores públicos.

 

Para o Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO), a garantia de melhoria pelo PlanSaúde passa pela criação de um conselho administrativo formado por três membros do Executivo e três representantes dos servidores públicos, uma proposta defendida há anos pelo sindicato.

 

“Esperamos que essa ação da deputada Vanda, atenta as demandas e anseios dos servidores públicos, possa levar o governo Mauro Carlesse a rever a gestão do PlanSaúde e adotar uma administração compartilhada do benefício. Defendemos a gestão paritária, com participação igual do Executivo e dos servidores, pois apenas com o governo gerindo temos tidos muitos problemas”, pontua o presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro.

 

Para a deputada Vanda, a aprovação do requerimento que trata da gestão compartilhada do PlanSaúde foi muito importante. “Essa é uma grande vitória e vamos dar uma resposta para os consumidores. Tivemos também a aprovação do requerimento que trata da gestão compartilhada do PlanSaúde e assim vamos tentar sanar os diversos problemas que o plano enfrenta”, comentou Vanda Monteiro.

Notícias sobre:

plansaude plano assembleia