Palmas, Tocantins -
Eleições 2018
1.006 visualizações

Em comício em Sítio Novo, Amastha recebe adesão de prefeitos e reúne 2 mil pessoas

O candidato do PSB, já tendo Jair Farias como aliado, ganhou também a adesão do atual prefeito da cidade, Alexandre Farias, além do apoio das prefeitas de Itaguatins e São Miguel
- Atualizada em
Amastha em comício no Bico do Papagaio Divulgação/PSB Tocantins

“Resgatamos o sentimento da política e vimos a esperança brilhar nos olhos de milhares de tocantinenses. Vamos virar essa página”, comemorou o candidato a governador Carlos Amastha (PSB) ao fim do comício na noite desta terça-feira, 4, na Rua do Comércio, que reuniu cerca de 2 mil pessoas entre populares e lideranças de Sítio Novo, cujo prefeito Alexandre Farias lhe declarou apoio, e de outras cidades do Bico do Papagaio.

 

Amastha comparou, proporcionamente, a importância do evento em termo de empolgação e de número de pessoas, à celebração de sua vitória nas eleições para prefeito de Palmas, em 2012. “Parabéns Jair Farias.Obrigado Bico do Papagaio”, agradeceu Amastha, ser referindo ao ex-prefeito do município, agora candidato a deputado estadual e um dos entusiastas de sua candidatura a governador.

 

Amastha também teve a adesão das prefeitas de São Miguel do Tocantins, Elizângela Alves, e de Itaguatins, Ivoneide Barreto, esposa de Homero Barreto, que é suplente do candidato à reeleição na chapa de Amastha, o senador Vicentinho Alves (PR).

 

*Governadoria no Bico do Papagaio*

 

"Não é justo que as crianças do Bico não tenham as mesmas oportunidades que as crianças de Palmas. Temos que fazer esse estado voltar a crescer", ressaltou Amastha, reforçando seu plano de governo, o PG-40, que pretende de criar as governadorias em dez regiões do Estado, uma delas no Bico do Papagaio, dando-lhes autononomia para criar políticas de desenvolvimento valorizando a vocação dos seus municípios.

 

*Educação e turismo*

 

Com os números do Ideb mostrando Palmas como a segunda capital do País e a rede estadual bem longe da meta no Ensino Médio,  Amastha citou a educação no Estado. "Oito escolas de tempo integral com obras paradas, sendo que uma delas fica em Araguatins. Precisamos dar fim a essa desordem". O candidato ainda comentou a falta de investimentos no turismo da região. "Palmas não tem a metade das potencialidades que o Bico tem e, mesmo assim, conseguimos transformá-la em uma cidade turística. Imagine o que podemos fazer com toda essa riqueza da região. Turismo gera emprego, cresce a economia, mas antes precisa de investimento".

Notícias sobre:

amastha bico do papagaio