Palmas, Tocantins -

Política


Nova gestão
756 visualizações

Em Palmeiras, Noleto quita três folhas em menos de 60 dias e recupera maquinário

O prefeito de Palmeiras, Júnior Noleto, que foi vereador no município por dois mandatos, quer transformar a realidade do município
- Atualizada em
Descrição: Júnior Noleto, prefeito de Palmeiras. T1 Notícias

Da safra de novos prefeitos no interior tocantinense, o palmeirense Júnior Noleto conseguiu atualizar folha de pagamento atrasada, deixada por sua antecessora, sem atrasar sua própria folha. O saldo positivo, de zerar a dívida com servidores, foi obtido em menos de 60 dias. “Pegamos uma prefeitura cheia de dívidas e sem transição. A folha de dezembro ficou pendente pra gente pagar e não ficou caixa na prefeitura”, relatou ele em visita à redação do T1 Notícias, na última quarta-feira, 3.

 

“Quitamos mais de R$ 400 mil da folha de dezembro em 10 de fevereiro. Antes disso, quitei janeiro no dia 28 de janeiro e, semana passada, quitei fevereiro, no dia 26”, relata ele. Palmeiras tem índice de 0.6 no FPM e não chega a arrecadar R$ 1 milhão de reais por mês, somados os três repasses do FPM e a baixa arrecadação local.

 

O prefeito recém-eleito, que foi vereador lá por dois mandatos, quer mudar essa realidade, dividindo com Estreito-MA, o ICMS gerado pela Usina, cuja barragem começa no seu município e lá deixou seus impactos.

 

“Essa vai ser uma luta judicial. Estamos atrás de ver o exemplo de Lajeado e vamos entrar buscando os direitos do município”, antecipou Noleto.

 

Turismo na Praia do Pedral é projeto para este ano

 

O prefeito busca também ajuda em Brasília para organizar a Praia do Pedral como atrativo turístico da cidade, com boas chances de entrar na rota. “Estamos nos organizando também num consórcio com os municípios de menor porte lá do Bico. Seremos nós, Darcinópolis, Aguiarnópolis, Luzinópolis, Santa Tereza e Nazaré”, afirma Noleto.

 

A intenção é fortalecer os municípios na busca por melhores condições de estruturar um polo de saúde em um dos seis municípios. Atualmente, Palmeiras usa a UPA de Tocantinópolis, fazendo um repasse para a cidade.

 

“Queremos cuidar dessa parte da saúde, nosso povo fica muito desassistido da forma como está”, explica o prefeito.

 

Nos planos de Noleto está também um grande projeto de piscicultura, inspirado na experiência de Brejinho de Nazaré. “Procuramos o governo do Estado e encontramos um apoio bom no Ruraltins, que já fez o projeto. Queremos aproveitar o lago com esse objetivo, gerando empregos, que é minha bandeira de campanha e o grande objetivo da minha gestão”, finalizou.