Palmas, Tocantins -

Política


Capacitação
426 visualizações

Em parceria com a FioCruz, Dorinha traz ao Tocantins curso de formação para mulheres

A líder da Bancada Feminina na Câmara, Professora Dorinha, viabiliza para o Estado um curso de formação para mulheres em vulnerabilidade social
- Atualizada em
Ascom Professora Dorinha

Para capacitar líderes mulheres de comunidades vulneráveis no Tocantins, em parceria com a FioCruz Brasília, a líder da Bancada Feminina na Câmara e deputada federal Professora Dorinha (DEM/TO), é responsável pela articulação e destinação de emenda parlamentar à instituição, junto à Comissão das Mulheres na Câmara dos Deputados. Para tratar sobre o assunto, a parlamentar recebeu na quinta-feira, 11, na Capital Federal, a representante da FioCruz Brasília, Virgínia Corrêa.

 

O projeto tem como foco implementar um curso de Formação em Promoção e Vigilância em Saúde, Ambiente e Trabalho com ênfase na Saúde das Mulheres. No Estado, o curso deverá ser iniciado em setembro deste ano. Além do Tocantins, outros quatro estados foram contemplados com a emenda: Ceará, Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro e o Distrito Federal.

 

"Nosso encontro com a deputada foi em agradecimento pela emenda, em defesa das mulheres. Nosso muito obrigada e admiração pelo excelente trabalho que ela desenvolve", destacou Virgínia, acrescentando que o curso acontecerá em quatro ciclos, sendo 80% dele virtual e 20% presencial com o total de 180 horas, em decorrência da pandemia da Covid-19. 

 

Para a deputada Professora Dorinha, o projeto tem muito o que agregar às mulheres nos quatro estados e no Distrito Federal, especialmente às tocantinenses. "O curso de aperfeiçoamento irá trazer ainda mais conhecimento às líderes mulheres do Estado, trabalhadoras rurais e urbanas, principalmente no enfrentamento às desigualdades de gênero na construção de uma formação-ação em promoção e vigilância em saúde, ambiente e trabalho", pontuou.  

 

Segundo a representante da FioCruz Brasília, os três primeiros ciclos serão realizados de forma remota, sendo que o último encontro, da implantação no Tocantins, deverá acontecer em março de 2022, quando as educandas irão apresentar o conhecimento adquirido e os trabalhos desenvolvidos em cada território, com base nas orientações aprendidas durante o curso. 

 

"Esses encontros irão acontecer a cada 15 dias com cada temática e no final de cada um deles, elas terão avançado nesse projeto. Ao final, elas irão apresentar as ações desenvolvidas na comunidade, o que chamamos de formação-ação, com o diálogo da teoria e da prática", destacou Virgínia. 

 

Na ocasião, além do agradecimento, a representante da FioCruz apresentou à deputada Professora Dorinha um novo pedido de emenda parlamentar para dar continuidade ao processo de formação com a ampliação de vagas neste curso já existente e também outras modalidades de formação. 

 

O certificado de realização do curso será emitido pela Escola de Governo da FioCruz Brasília (EGF). Já as inscrições serão realizadas por meio do site da FioCruz e a seleção deve ocorrer em breve com o número de vagas disponíveis por estado.