Palmas, Tocantins -

Política


Meio Ambiente
689 visualizações

Em vídeo irônico, Kátia repassa troféu Motosserra de Ouro para Ricardo Salles

A parlamentar destacou na legenda do vídeo que “o ministro, com suas atitudes contra o meio ambiente, merece com toda justiça esse título”
- Atualizada em
Descrição: Senadora Kátia Abreu (PP-TO) Leopoldo Silva/Agência Senado

Em tom de ironia, a senadora Kátia Abreu (PP-TO) usou suas redes sociais para compartilhar um vídeo nesta quarta-feira, 26,  em que “transfere” o troféu Motosserra de Ouro para o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. 

 

“Eu repasso a partir de hoje a faixa da musa da motosserra e o troféu do motosserra pra ele. Eu ainda justificaria eu ter esse troféu, porque na época eu era ministra da Agricultura, agora ele com ministro do Meio Ambiente, receber de mim o troféu motossera é inusitado”, disse a senadora. 

 

A parlamentar destacou na legenda do vídeo que o “ministro, com suas atitudes contra o meio ambiente, merece com toda justiça esse título”. 

 

Troféu Motosserra de Ouro 

 

Em 2010, Kátia Abreu foi surpreendida em Cancún por ativistas do Greenpeace e de movimentos indigenistas, que entregaram à parlamentar o troféu Motosserra de Ouro.

 

“A condecoração serviu para lembrar aos ruralistas defensores do relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), que prevê alterações na lei, que essa proposta representa uma grave ameaça ao ambiente. O projeto ruralista anistia desmatadores e reduz o tamanho da área que o proprietário de terra e o Estado estão obrigados a conservar para o bem público. Fazendas, dependendo do tamanho, ou serão dispensadas de ter árvores ou poderão ter menos do que devem atualmente”, disse o Greenpeace à época do ocorrido. 

 

O Greenpeace argumentou na época que, caso a proposta fosse aprovada, ficaria inviável para o Brasil honrar as metas de queda de desmatamento assumidas em Copenhague, na COP15, que previam a redução até 2020 de 36% a 39% de nossas emissões de gases-estufa.