Palmas, Tocantins -

Política


Política
2.774 visualizações

Garantindo ter apoio de Kátia Abreu e Irajá, Gaguim volta a criticar Amastha

Deputado Carlos Gaguim está conversando com lideranças de partidos para formação de blocos e comenta que está indignado com Amastha, “Palmenses precisam de gestor que respeite no mínimo as religiões".
- Atualizada em
Descrição: Deputado federal Carlos Gaguim Bonifácio/T1Notícias

O deputado federal Carlos Gaguim está articulando com líderes de partidos no Tocantins e em Brasília, com o propósito de formar blocos de oposição para disputar a eleição para prefeito de Palmas. De acordo com o parlamentar, a parceria entre Irajá e Amastha é apenas administrativa. Ele revela que em conversa com a ministra Kátia Abreu e com Irajá, em Brasília, ficou acertado que o PSD apoiará sua provável candidatura.

 

Gaguim disse ainda que trabalha para assumir a prefeitura, pois segundo ele “os palmenses não precisam somente de plantas e jardins”. O deputado ainda disparou críticas ao prefeito Amastha. “Fico indignado com a atitude da atual gestão, que nem mesmo um feriado religioso como o Corpus Christi, que todos os católicos celebram todos os anos, o prefeito não respeitou, tirando da população o que é de direito e transformando a data em um mero ponto facultativo”.

 

Segundo o deputado, ainda não é possível garantir quantos partidos andarão juntos e qual será ao certo o candidato a concorrer à eleição para prefeito de Palmas, pois as conversas ainda estão acontecendo. “Estamos avançando bem nas articulações e esperamos construir um bloco que detenha pelo menos 70% do tempo de televisão. Já mantemos um bom diálogo do PMDB com o PP, PSD, Democratas e PTB, agora estamos buscando uma aproximação com o Solidariedade e com o PR, que mesmo tendo o Raul [Filho] como possível candidato, caso ele não entre na disputa, queremos contar com ele”.

 

Com relação a uma possível parceira com Wanderlei Barbosa, Gaguim disse que houve uma conversa em Brasília, mas nada ficou acertado ou definido. “A conversa está no início, não tem nada definido ainda, não podemos dizer que somos aliados ou adversários”.

 

Gaguim disse que vai buscar junto ao PMDB nacional uma resolução para que ele seja o candidato pelo partido em Palmas. “A executiva nacional já decidiu que terá candidato em todas as capitais do País e eu vou tentar lançar meu nome para Palmas. Tenho um projeto para nossa cidade, para isto estou destinando 100% das emendas, para poder construir o hospital municipal. Daí a população vai poder escolher o que prefere, se hospital ou jogos indígenas”, finalizou.