Palmas, Tocantins -

Política


Trama pelo Impeachment
2.368 visualizações

Gomes descarta teoria da conspiração e diz que Cinthia tem “1000%” seu apoio

Senador reagiu com indignação sobre rumores de que estaria silencioso sobre movimento de impeachment da prefeita Cinthia Ribeiro, por ter interesse na posse do irmão, André...
- Atualizada em
Descrição: Gomes descarta teoria da conspiração Edu Fortes

O senador Eduardo Gomes (MDB) descartou completamente rumores de que ele teria interesse num eventual afastamento da prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) da prefeitura de Palmas para que seu irmão, André Gomes, assuma o executivo.

 

Em conversa com o portal T1 Notícias no começo da tarde de hoje, 9, Gomes disparou: “não me arrependi de apoiar a Cinthia e ela tem 1000 por cento meu apoio. Quem inventou uma conversa dessas não me conhece. Não há a mínima chance, tenho 32 anos de Tocantins e sempre no mesmo grupo, com lealdade”.

 

O senador ainda arrematou: “o André foi eleito para ser vice, e a única função dele é esta: ser vice-prefeito”.

 

Na última semana, com a temperatura alta, e o movimento em que o grupo oposicionista à prefeita tenta obter participação na gestão dela,sob ameaça de afastá-la, correu nos bastidores que houveram ruídos na relação pelo fato de Gomes não se posicionar sobre os últimos fatos, diferente do governador Mauro Carlesse.

 

“Eu não sou vereador. Até já fui, e já fui presidente também da Casa, como a Janad. Agora, quem tem que falar em briga de vereador não sou eu”, resume.

 

Para Gomes, “política não é o que a gente diz”, mas a história do político. “A minha história fala por mim. Não há menor chance de eu estar envolvido numa coisa dessas. Chance zero”.

 

Com uma pauta de assuntos do governo federal, de quem é líder, Gomes lembra que a política deve ser feita diuturnamente. “Denúncia é uma coisa normal no dia a dia do gestor. Essas denúncias precisam ser apuradas e respondidas”, afirma. “Mas não sou eu quem tem que entrar em briga com a Câmara para demonstrar lealdade”.