Palmas, Tocantins -
Suplementar em Lajeado

Júnior Bandeira e José Edival são os primeiros a registrar candidatura para eleição

Eles concorrem a prefeito e vice prefeito pela chapa “Fé, Família e Trabalho para eleições que ocorrerão em 1º de dezembro no município
- Atualizada em
Divulgação

A chapa “Fé, Família e Trabalho" foi a primeira a registrar candidatura no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO) nesta sexta-feira, 8, para concorrer às eleições municipais em Lajeado. Concorrem a prefeito pela chapa Antônio Luiz Bandeira Júnior (PSB) e José Edival Gomes Alves (MDB), como vice-prefeito. O prazo para registro de candidaturas se encerraria às 19 horas desta sexta.

 

Vale destacar que o atual prefeito de Lajeado é o vereador eleito José Edival, que assumiu o cargo após a cassação do mandato de Tércio Dias Melquíades Neto (PSD) e seu vice Gilberto Borges. Antes de assumir a Prefeitura de Lajeado no dia 23 de outubro, José Edival comandava o Legislativo Municipal.

 

A eleição suplementar, em decorrência da cassação, ocorrerá no dia 1º de dezembro para escolher novos gestores do município. Os eleitos serão diplomados até o dia 16 de dezembro.

 

Segundo o TRE-TO, conforme estabelece o Calendário Eleitoral, os partidos políticos e coligações teria até às 19 horas desta sexta-feira para solicitar o registro de candidaturas para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Lajeado.

 

O pedido deveria ser entregue no Cartório Eleitoral da 5ª ZE de Miracema, obrigatoriamente em meio magnético gerado pelo Sistema de Registro de Candidaturas, acompanhado das vias impressas dos formulários Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) e Requerimento de Registro de Candidatura (RRC), emitidos pelo sistema e assinados pelos requerentes.

 

Tércio Dias Melquíades Neto e seu vice-prefeito Gilberto Borges foram eleitos em 2016.