Palmas, Tocantins -

Política


Política
2.255 visualizações

Kátia divulga lista com mais de R$ 200 mi de emendas da bancada: Palácio reage à nota

Líder da bancada federal, senadora Kátia Abreu critica governo e divulga tabela com emendas destinadas à saúde do Estado, num total de R$ 203 milhões. Governador reage e acusa "rompante"
- Atualizada em
Descrição: Kátia Abreu se diz indignada com atitudes do governador Carlesse divulgação

A senadora Kátia Abreu (Progressistas) distribuiu nota à imprensa nesta segunda-feira, 30, afirmando que poderá ingressar na Justiça contra o governo do Estado que, segundo ela, "vem repetindo ações que levaram o Estado à condição pré-alimentar e de insegurança social à população". Ela ameaça acionar a justiça contra "calúnias" e afirma que o governo aposta na desunião da bancada federal. De concreto, a nota da líder da bancada federal traz apontamentos de todos os recursos que cada deputado federal e senador destinaram à Saúde do Estado: mais de R$ 203 milhões. 

 

Para Kátia Abreu, o governo vem omitindo em suas divulgações o trabalho de grande parte da bancada no Congresso em defesa do Tocantins, em especial na destinação de recursos para a saúde. Será levado à Justiça “qualquer caluniador, especialmente do governo estadual, que falte com a verdade, com fins espúrios e interesses inescrupulosos”, avisa Kátia Abreu.

 

De acordo com a senadora, a atitude do governador  teria como objetivo "provocar a desunião e o enfraquecimento dos representantes políticos do Tocantins junto à população, quando vem a público  afirmar que membros da bancada colocaram zero de recursos para a Saúde em 2020, contrário aos números do Orçamento Geral da União”.

 

Veja quanto cada parlamentar destinou à Saúde do Estado

 

Governo estaria citando apenas  parlamentares que destinaram recursos direto ao caixa do Estado

 

Na avaliação da Senadora, o governador em suas falas recentes tem afirmado que parceiros são apenas os parlamentares que destinaram recursos para o caixa do governo estadual. Isso causou estranheza à líder da bancada tocantinense. “Os parlamentares que optaram por destinar os recursos para prefeituras diretamente ou para a União cumpriram também os seus deveres”, ressalta. “As prefeituras, pelo que nos consta, ainda fazem parte do Tocantins e não apenas o governo estadual”, ironiza.

 

A nota informa que os deputados federais e senadores do Tocantins e de todo o Brasil têm as opções de colocarem seus recursos diretamente para as prefeituras, ou para o Governo do Estado ou ainda para a União.  

 

Governador reage e publica nota lembrando derrota na eleição suplementar

 

O governo encaminhou ao T1 Notícias uma nota assinada pelo governador, em que acusa a senadora de estar vivendo "mais um rompante", e relembra a derrota nas eleições suplementares.A nota dá a entender que a senadora estaria promovendo festas em sua residência num momento em que as medidas de combate à disseminação do vírus recomendam isolamento. O governo não responde sobre a destinação das emendas. Em Live no começo da tarde desta segunda-feira, 30, no Instagram da editora chefe do Portal T1 Notícias, o chefe de gabinete do governador, Divino Allan Siqueira, informou que o governador tem citado os parlamentares que destinaram emendas ao caixa do governo Estadual, por que cabe ao Estado estruturar os hospitais da rede estadual de saúde, para onde pacientes graves se dirigem em períodos de crise. Confira a íntegra da nota do governo.

 

Nota: 

 

Os rompantes dessa senhora são bem conhecidos na política do Tocantins. O resultado da última eleição foi um sinal claro de rejeição do eleitor aos seus métodos poucos convencionais.

 

Estamos em um momento muito delicado no combate ao Coronavirus, momento este não propício para arroubos e discussões infrutíferas, que em nada ajudarão na batalha contra o inimigo invisível. Principalmente, não realizar festas com inúmeros convidados em nossas casas no momento mais crítico dessa batalha, contribuindo com a proliferação  do vírus, desobedecendo por completo as normas de isolamento determinadas pelas autoridades competentes.


E como coordenadora da Bancada Federal, esse tipo de comportamento demonstra a incapacidade total de articular junto ao Governo Federal ações em benefício do Estado.

 

Portanto, cabe à Senadora digerir a mesma e ser mais respeitosa em suas palavras e cuidadosa em suas atitudes.

 

Mauro Carlesse
Governador do Tocantins