Palmas, Tocantins -

Política


Impeachment de Dilma
2.333 visualizações

Lázaro Botelho acompanha decisão do PP e vai votar pelo impeachment de Dilma

Após debandada do PP da base aliada da presidente da República, o deputado Lázaro Botelho, presidente da legenda no Tocantins, decidiu acompanhar a sigla e vai votar pelo impeachment de Dilma
- Atualizada em
Descrição: Lázaro Botelho agora é a favor do impeachment Foto: Divulgação

O deputado federal Lázaro Botelho decidiu acompanhar a decisão de seu partido PP, que deixou a base aliada da presidente Dilma Rousseff nesta quarta-feira, 13, e posicionou-se favorável ao impeachment. Juntamente com ele, que é presidente da legenda no Tocantins, outros seis parlamentares da sigla anunciaram a mudança no voto.

 

De acordo com o Ig Notícias, no dia seguinte ao anúncio de desembarque do PP, sete deputados da legenda passaram a se posicionar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Seguindo essa tendência, outros 19 parlamentares também manifestaram voto pela saída da petista.

 

A debandada de deputados fez o Placar do Impeachment, segundo o jornal O Estado de S. Paulo, registrar 332 votos pelo afastamento de Dilma. Também contribuíram para esse acréscimo de 26 votos pró-impeachment em relação à atualização anterior filiados ao PMDB (5), PSD (3), PRB (2), PTB (3), PSB (1), PR (2), PHS (1) e PTN (1).

 

Com isso, na bancada tocantinense se declararam a favor do impeachment Lázaro Botelho (PP), Josi Nunes (PMDB), Dulce Miranda (PMDB), Carlos Gaguim (PTN), Professora Dorinha (DEM) e César Halum (PRB). Já Vicentinho Júnior (PR) se mantém contrário à saída da presidente Dilma e Irajá Abreu (PSD) ainda não se posicionou.