Palmas, Tocantins -

Política


Eleições 2020
2.497 visualizações

Manzano deixa campanha: em carta, vereadores são informados sobre falta de pagamento

A decisão, conforme documento interno, se deu após "inúmeras tentativas de fazer cumprir as disposições contratuais inerente ao adimplemento de honorários"
- Atualizada em

O escritório Manzano Advocacia anunciou em documento interno, assinado na segunda-feira, 26, que não responderá mais pela assessoria jurídica do PSB e Cidadania. Conforme apurou o T1 notícias, em carta enviada aos candidatos, o escritório explica que a decisão se deu por "inúmeras tentativas de fazer cumprir as disposições contratuais inerente ao adimplemento de honorários". O PSB, em nota encaminhada ao portal, comunicou que Marlon Reis irá assumir a campanha de Tiago Andrino.

Os candidatos da coligação, inclusive os que compõem as chapas proporcionais foram notificados. O documento diz que “no dia 04 de setembro de 2020 foi celebrado contrato prestação de serviços jurídico, relativo às Eleição Municipal 2020, tendo como contratante o Senhor Carlos Enrique Franco Amastha, abrangendo assessoria para os candidatos ao pleito majoritário e proporcional. Ocorre que após as inúmeras tentativas de fazer cumprir as disposições contratuais inerente ao adimplemento dos honorários, todas restaram infrutíferas”.

 

Nota - Advogado Leandro Manzano

 

Em atendimento aos preceitos éticos e com a finalidade de preservar o cliente, reservo-me no direito de não expor as razões pelas quais culminaram na minha renúncia ao contrato de prestação de serviço jurídico para a campanha majoritária do candidato Tiago de Paula Andrino e proporcional dos vereadores do PSB e CIDADANIA.

 

Nota - PSB Metropolitano

 

Após retornar a Capital e poder se dedicar 100% a campanha do candidato Tiago Amastha Andrino (PSB), o jurista Márlon Reis assume o jurídico da campanha de Andrino. Advogado e ex-magistrado brasileiro, Reis é dos quadros do partido e relator da Lei da Ficha Limpa. Ganhou notoriedade como juiz de direito e pelo combate à corrupção no Brasil.