Palmas, Tocantins -

Política


Eleições 2020
1.476 visualizações

MDB desiste da candidatura própria em Palmas e negocia aliança com outros partidos

Para continuar as negociações da política de alianças, o MDB criou uma comissão composta Valdemar, pelo senador Eduardo Gomes e deputada Dulce Miranda para buscar aliança com outros partidos
- Atualizada em
Divulgação

Sem segurança jurídica, o MDB desiste de arriscar a disputa pela candidatura pela prefeitura de Palmas com o ex-prefeito Raul Filho e busca até esta quarta-feira, 16, um entendimento com outros partidos, para definir em que projeto político fará parte. A decisão foi tomada nesta terça-feira, 15, durante convenção do partido, da qual participaram o senador Eduardo Gomes, a deputada federal Dulce Miranda, do deputado estadual Valdemar Júnior, presidente do diretório metropolitano, além dos três vereadores da legenda que buscam a reeleição: Lúcio Campelo, Rogério Freitas e Diogo Fernandes.

 

A sigla que tem a maior bancada no legislativo de Palmas, hoje com três vereadores, terá 15 candidatos concorrendo a vagas na Câmara Municipal de Palmas. Entre os principais nomes, estão os dos atuais vereadores que concorrem à reeleição, além do ex-presidente do Igeprev Jacques Silva e do empresário José Haroldo.

 

Alianças

 

Para continuar as negociações da política de alianças, o MDB da Capital, de acordo com Valdemar Júnior, criou uma comissão composta por ele, pelo senador Eduardo Gomes e deputada Dulce Miranda para fazerem as tratativas do partido com os pré-candidatos a prefeito. Especula-se nos bastidores que os emedebistas podem até fazer parte do projeto de reeleição da prefeita Cinthia.

 

“Chegamos na nossa convenção de mãos dadas e unidos, o nosso grupo é muito responsável na hora de tomar a decisão. Então a decisão vai ser tomada em conjunto por todos, para chegarmos ao melhor consenso para Palmas”, observou o Valdemar Jr.

 

O sonho do partido era de ter candidatura própria, “infelizmente, por questões jurídicas, o nosso candidato Raul Filho não pôde sair.  Mas há um sentimento na base do MDB de postergarmos esse sonho para um futuro mais próximo. Agora vamos criar uma musculatura com outros companheiros para caminharmos em uma mesma estrada”, destacou o presidente.

 

A deputada federal Dulce Miranda reforçou que as discussões continuaram em aberto. “Vamos continuar todos juntos discutindo o nome. Neste momento o debate é de fundamental importância nesse processo. Até amanhã (quarta), decidiremos o nome, ouvindo todo o colegiado,” destacou.

 

Na avaliação do senador Eduardo Gomes, a pretensão do partido é reforçar as chapas de vereadores e participar de um projeto, que será definido até amanhã, em uma outra candidatura que abrigue os projetos de programas e governo que o MDB pode colaborar. O que está sendo feito aqui hoje é uma discussão com diálogo para se chegar ao entendimento”, reforçou.

 

Durante a convenção, realizada de forma presencial e sem transmissão do evento, foram definidas e homologadas as candidaturas de vereadores, ficando em aberta a coligação majoritária.

 

Notícias sobre:

mdb coadjuvante eleições palmas