Palmas, Tocantins -
Campanha em Gurupi
736 visualizações

Mesmo com decisão contrária do TRE, Amastha mantém agenda normal de campanha nesta 4ª

Candidato, que teve seu pedido de candidatura indeferido pelo TRE nesta terça, disse ter a certeza que o TSE derrubará decisão regional
- Atualizada em
Candidato segue agenda nesta quarta Divulgação/PSB

Mesmo com a decisão contrária do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins, que indeferiu ontem, 15, o pedido de registro de candidatura de Carlos Amastha (PSB), para disputar a eleição suplementar, o candidato informou que sequer paralisou a agenda para se reunir com o departamento jurídico de sua campanha. “Nós temos a certeza da legalidade da nossa candidatura e vamos confirmá-la no TSE (Tribunal Superior Eleitoral)”, destacou o Amastha.

 

Amastha, mantém agenda normal de campanha nesta quarta-feira, 16, em Gurupi, no Sul do Estado, onde terá reunião com empresas, caminhada no Parque Mutuca e no comércio local e outros compromissos de campanha.

 

Entenda

 

Em julgamento do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins realizado na tarde de ontem, 15, os desembargadores decidiram pelo indeferimento da candidatura de Carlos Amastha. Cinco juízes eleitorais divergiram do entendimento do relator. A candidatura foi rejeitada pelo Pleno devido ao prazo para desincompatibilização previsto na Constituição Federal, de até 6 meses antes do pleito. No entendimento do Tribunal, para concorrer na eleição de 3 de junho, Amastha deveria ter deixado o cargo de prefeito de Palmas seis meses antes.

 

Após a decisão do TRE-TO, a assessoria de Amastha declarou à imprensa que ele vai recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e continuará sua campanha normalmente.