Palmas, Tocantins -
Mudanças em partidos no TO

Partido Podemos deve anunciar novo presidente nesta 6ª; Adir Gentil pode assumir

Ao T1, Adir Gentil informou que articula para assumir o comando do Podemos
- Atualizada em
Carlos Gaguim e Adir Gentil Montagem/T1 Notícias

Conforme ventilado nos bastidores, o deputado federal Carlos Gaguim deve migrar para o DEM. Com a mudança, o sub-prefeito e secretário da Casa Civil do Município, Adir Gentil, deverá assumir o comando do Podemos/PTN, levando o partido a marchar ao lado do PSB, de Amastha, nas eleições de 2018. O assunto será conversado entre as duas lideranças nesta sexta-feira, 14. Em entrevista ao T1 Notícias na manhã desta terça-feira, 14, Adir Gentil assumiu a existência de um projeto de mudança para o Estado, mas disse que prefere se reunir com Gaguim antes de definir os rumos da situação e se pronunciar. Confirmado por sua assessoria, o deputado foi convidado pelo presidente da Câmara dos Deputados e representante nacional do Democratas, Rodrigo Maia para integrar o partido.

 

Sobre o Podemos, Adir prefere aguardar reunião com Gaguim para oficializar os rumos das articulações. “Estamos conversando e após essa conversa que ocorrerá na sexta-feira eu poderei dar uma definição sobre esse assunto. Respeito muito o deputado Gaguim e não quero tomar qualquer iniciativa sem conversar com ele”, ponderou Gentil.

 

Questionado sobre a aliança entre o Podemos e o PSB, apoiando a pré-candidatura de Amastha ao governo, Adir foi categórico ao afirmar que só faz política no Tocantins ao lado de Amastha. “Não existe a possibilidade do Adir, que veio para Palmas promover uma mudança radical, tanto na política, quanto no administrativo, de me separar do Amastha. Eu só faço política nesse estado com Amastha. Nosso projeto é um projeto único, um projeto de mudança da política, da maneira de administrar o Estado. É um projeto e não só candidaturas. A candidatura é uma consequência para estar na política. Nosso projeto está muito definido. É um projeto de transformação na política que vai transformar a administração desse estado”, explicou Adir, que é ex-parlamentar e pré-candidato a deputado federal no pleito de 2018.

 

Ainda durante a entrevista, Adir antecipou que o grupo de Amastha trabalha uma conjuntura política diferente das outras existentes. “Estamos conversando com o senador Álvaro Dias, porque o Podemos é um partido que tem um projeto nacional. É um partido que tem, na figura do senador Álvaro Dias, uma candidatura realmente importante, de centro, onde mostra claramente uma pessoa que tem um passado limpo e ao mesmo tempo uma experiência administrativa e que o Brasil está precisando disso. A conjuntura do nosso grupo se formata um pouco diferente do que tem feito tradicionalmente a política aqui no Estado. Quando falamos de velha política não estamos nos referindo a velhos políticos. As pessoas podem ter qualquer idade e serem modernas e atuais. Nos referimos aos atos da velha política. Se formos pensar só em candidatura estaremos fazendo o que todo mundo faz”, diz Gentil.

 

O T1 Notícias tentou contato no gabinete de Gaguim. A assessoria não confirmou a movimentação, mas informou que o deputado recebeu convite de Rodrigo Maia para ir para o Democratas.

 

O PTN já abrigou importantes aliados de Amastha, como o presidente da Câmara, José do Lago Folha Filho, hoje no PSD; e a vice-prefeita, Cinthia Ribeiro, hoje no PSDB.