Palmas, Tocantins -
Prefeito Pula-Pula
8.788 visualizações

Prefeito do TO passa a apoiar Carlesse e grava máquina em ação, com adesivo no peito

O procurador do Ministério Público Eleitoral, Alvaro Manzano, disse ao T1 que o teor da gravação pode configurar abuso do poder político
- Atualizada em
Prefeito aparece em vídeos nas redes Da web

Em vídeo postado nas redes sociais ontem, 4, o prefeito de Darcinópolis, Jackson Soares (PTB), anunciou apoio ao governador Mauro Carlesse (PHS), que garantiu sua vaga na disputa do segundo turno da eleição suplementar, em votação ocorrida no último domingo, 3. Para o primeiro turno, Jackson havia manifestado apoio ao candidato Vicentinho Alves (PR), que também concorre neste segundo turno. Diferente do vídeo divulgado em apoio a Vicentinho, em que o prefeito de Darcinópolis diz estar preocupado com a população do seu município, neste novo vídeo, feito um dia após o resultado do primeiro turno, o prefeito afirma passar a apoiar Carlesse e nas imagens ele fala com um adesivo do candidato no peito. A gravação é ilustrada por uma obra oficial da prefeitura, com máquinas atuando na recuperação de uma estrada vicinal no município.

 

“Nós estamos aqui preocupados com o povo, estamos preocupados com a estrada para o povo”, diz o prefeito no vídeo. O gestor então convida um morador da região para dizer que “é uma política saudável de que não pode esquecer de trabalhar para o povo”.  Em todo momento do vídeo, Jackson, que estaria vistoriando um serviço público, mantém o adesivo do candidato visível nas imagens.

 

Embora o prefeito tenha dado a entender no vídeo que o serviço de reparo da estrada é prestado pelo Governo do Estado, o secretário Municipal de Administração e Transporte, Valdemar Ribeiro Campos Junior, informou ao portal que a máquina utilizada na obra pertence à prefeitura. O T1 tentou contato com o prefeito, mas não o encontrou no prédio da Prefeitura de Darcinólpolis na manhã desta terça-feira, 5, e destaca que o espaço segue aberto para posicionamento.

 

Procurado pelo T1 para comentar sobre o conteúdo do vídeo, o procurador do Ministério Público Eleitoral, Álvaro Manzano, disse que o teor da gravação pode vir a configurar como abuso de poder político. Sobre como o Ministério Público Eleitoral agiria neste caso, Manzano afirmou: “nós temos um procedimento aberto, com várias condutas, e ao final do processo eleitoral, vamos avaliar se há motivos suficientes para ajuizar uma ação”.

 

Pupa-Pula

 

Jackson Soares chega a comentar no vídeo em que declara apoio a Vicentinho, que estava sendo chamado nas redes sociais de prefeito "pula-pula", apelido que ganhou em referência a rumores de que o prefeito teria trocado o seu apoio ao ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), para Vicentinho e, em seguida, retirado o apoio a Vicentinho para se aliar a Carlesse.

Notícias sobre:

eleição carlesse jackson