Palmas, Tocantins -

Política


Flagrante
1.036 visualizações

Vereador presidente da Câmara de Campos Lindos é preso por dirigir embriagado

Ele foi multado em R$ 2.934,70 por dirigir embriagado, obteve 7 pontos na carteira e ainda pode ser punido com a suspensão do direito de dirigir por 12 meses
- Atualizada em
Da Web

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso da prisão em flagrante do presidente da Câmara de Campos Lindos, vereador Wagner Resplandes de Morais (PROS). O parlamentar, que é cadeirante, foi preso no último sábado, 7, na própria casa depois de causar um acidente e fugir do local. O parlamentar colidiu em um veículo estacionado e parou após se chocar contra o muro de uma residência, mas ninguém se feriu. Ele pagou fiança de R$ 1.500,00 e foi liberado.

 

Ao ser acionada, uma equipe da Polícia Militar (PM) se deslocou até a residência do vereador e notou que ele apresentava sinais visíveis de embriaguez, porém Wagner Resplandes se recusou a fazer o teste do bafômetro, De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), durante o interrogatório, o suspeito teria confessado ter ingerido bebida alcoólica antes de ter acontecido o acidente em que o carro do suspeito colidiu com outro veículo.

 

A equipe da PM tentou prender o vereador em flagrante, mas foi impedida por familiares, e pediu o reforço da guarnição de Goiatins, cidade vizinha. Já detido, o vereador foi conduzido à Central de Flagrantes de Araguaína, onde foi realizado o termo de constatação de embriaguez e autuado pelos crimes de embriaguez ao volante e dano.

 

O vereador também foi multado em R$ 2.934,70 por dirigir embriagado, levará 7 pontos na carteira e ainda pode ser punido com a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

 

Ao T1 Notícias, o vereador explicou o que teria acontecido. “Eu ia em uma avenida e saiu um rapaz em uma moto, pois estava tendo um motoshow na cidade, então tentei tirar o carro da direção do rapaz para não bater nele. Ao fazer isso, perdi o controle da direção e atingi uma calçada, um carro e depois um muro. Com isso bati a cabeça, fiquei desacordado e fui levado para o hospital”, resumiu.