Palmas, Tocantins -

Política


Consciência Negra
290 visualizações

Vereadores de Palmas fazem homenagem a heróis negros e rechaçam atos racistas

Sessão na Câmara de Vereadores de Palmas nesta quarta-feira, 20, teve pronunciamentos sobre o Dia da Consciência Negra no Brasil. Vereador pediu nota de repúdio contra discurso racista em Brasília
- Atualizada em
Divulgação

O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra no Brasil, celebrado neste dia 20 de novembro, foi instituído no Brasil por meio da Lei 12.519/11. No Tocantins, a data movimentou a agenda de alguns órgãos e instituições. Na Câmara de Vereadores de Palmas, os parlamentares usaram a tribuna durante a sessão nesta quarta, 20, para homenagear a cultura afro-brasileira e rechaçar atos de racismo e discriminação contra negros no País.

 

O vereador Tiago Andrino (PSB) destacou no seu discurso que o Brasil foi o último país ocidental a acabar com o regime de escravidão. “O dia 20 de novembro é um dia muito importante para homenagearmos todos os heróis, que lutaram contra esse sistema que vigorou no país, por tanto tempo. Hoje é dia de homenagearmos Zumbi dos Palmares, Luís Gama, André Rebouças, Maria Tomásia e tantos outros que lutaram pela causa da liberdade.”

 

O pessebista criticou e propôs uma “Nota de Repúdio” contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL/RJ) que proferiu nesta terça-feira, 19, no Congresso Nacional, discurso de conteúdo racista contra a população negra. “Lamentavelmente o deputado foi muito infeliz em sua fala contra a população afrodescendente brasileira. Negar o racismo é uma total falta de sensibilidade e conhecimento. É revoltante esse ato de intolerância e racismo do deputado. Proponho a essa Casa Legislativa que seja aprovado e enviado à Câmara Federal, uma nota de repúdio contra esse deputado, e mais: ele merece ser cassado e expulso da política brasileira”, sugeriu o vereador.

 

Laudecy Coimbra (SD) engrossou o coro e deu destaque para a situação da mulher negra no Brasil. “A discriminação é grande, principalmente contra as mulheres negras desse País. As mulheres lutam por igualdade. É uma luta histórica, ainda falta o reconhecimento da importância da mulher negra no Brasil. Nossa nação tem uma das maiores populações negras fora do continente africano. Nós, brasileiros, em sua grande maioria temos essa ascendência de sangue africano, por isso é importante combatemos o racismo. Aproveito mais uma vez para parabenizar todos as pessoas negras, mas principalmente, as mulheres negras desse Brasil.”

 

Por fim, o vereador Rogério Santos (Republicanos) destacou a divisão de classes. “Falar sobre a consciência negra é falar sobre um povo que faz parte da história do Brasil. É o povo que construiu esse país, mas infelizmente, a cor representa divisão de classes, pois tudo isso é reflexo de 350 anos de escravidão”, enfatizou.

 

Segundo ele, é preciso romper com o preconceito, porque todos no País têm um descendente negro. “Dados oficiais mostram que os negros ganham menos que os brancos no mercado de trabalho, o que comprova que ainda existe muita discriminação enraizada na população brasileira. Hoje é dia de comemorar a data da Consciência Negra e lembrar a figura de Zumbi dos Palmares, grande homem que lutou pela liberdade”, destacou Santos.