Palmas, Tocantins -
2º turno
1.668 visualizações

Vicentinho declara apoio a Bolsonaro e filho deve coordenar campanha no Tocantins

Vicentinho já declarou apoio a Bolsonaro e filho, Vicentinho Jr, poderá coordenar campanha do presidenciável no Estado.
- Atualizada em
Pai confirma apoio à Bolsonaro e filho pode ser o coordenador de campanha no TO Divulgação

O senador da República Vicentinho Alves (PR) anunciou na tarde desta terça-feira, 9, que irá apoiar o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno das eleições no Tocantins. É esperado que o filho do senador, Vicentinho Jr (PR), deputado federal reeleito, anuncie dentro de instantes que corrdenará a campanha do candidato a presidente no Estado. 

 

Em nota, Vicentinho declarou que "após conversa com o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro e o Senador Magno Malta, nesta manhã, o Senador Vicentinho Alves declarou voto e apoio à eleição de Jair Bosonaro, do PSL, neste segundo turno das eleições presidenciais". 

 

Vicentinho Júnior

 

No final da tarde desta terça-feira, 9, o deputado federal reeleito, Vicentinho Júnior, declarou publicamente seu apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) neste segundo turno. O parlamentar destacou que no primeiro turno apoiou o candidato Geraldo Alckmin, do PSDB. O anúncio foi feito na sede do PSL, em Palmas.

 

“Eu fui atrás de apoiar uma chapa que foi ao encontro da minha conduta durante o mandato. Tenho princípios, sou a favor da família”, destacou Vicentinho Júnior.

 

“Nos sentimos honrados em receber o apoio do deputado Vicentinho Júnior. É hora de agrupar e trabalhar a favor do Brasil”, salientou César Simoni, que concorreu como candidato ao Governo do Estado pelo PSL.

 

Para o presidente do PSL no Tocantins Antônio Jorge este é um momento muito importante para o país. “Vicentinho Júnior veio para somar. Ele é o primeiro deputado federal a declarar apoio ao Bolsonaro no nosso Estado.”

 

Também participaram do evento o presidente metropolitano do PR vereador Lúcio Campelo e o líder do PSDB Hernane Siqueira.