Palmas, Tocantins -

Política


Assembleia Legislativa
448 visualizações

Wanderlei questiona valor de convênio para revitalizar calçadas em Taquaruçu

Na tribuna, deputado Wanderlei Barbosa questiona convênio entre Saneatins/Cidade de Palmas para revitalizar calçadas em Taquaruçu. Os recursos são da empresa e obra faz parte de compensação social...
- Atualizada em

O deputado Wanderlei Barbosa (SD) usou a tribuna da Assembleia Legislativa (AL) nesta quarta-feira, 3 para denunciar o que considera um super faturamento na execução de calçadas feitas e Taquaruçu através de convênio entre a Saneatins e a Cidade de Palmas . Segundo afirma o deputado, o valor do contrato daria para fazer mais de 40 mil m² de calçadas e no distrito só é existem nove mil metros quadrados de calçadas para fazer.

 

A obra de revitalização das calçadas antigas no entorno da Praça Maracaípe e o calçamento desde a entrada da cidade até a Praça Tarcísio Machado, compreendendo toda a Avenida Belo Horizonte, inclui áreas sem nenhum revestimento e foi realizada via convênio solicitado pelo vereador major Negreiros(PP), desafeto e adversário político do deputado.

 

De acordo com Wanderlei, o valor do convênio chega a R$ 2,4 milhões, mas conforme o levantamento feito junto a uma empresa da Capital, que cobra R$ 50 o metro quadrado do calçamento colocado, o valor não ultrapassaria R$ 800 mil.

 

“Fizemos o levantamento, eu e o vereador Lúcio Campelo e nos chegaram as cópias dos contratos feitos coma Saneatins. O distrito de Taquaruçu recebeu as calçadas e nós fizemos a medição linear para chegar ao número de metros e o contrato diz que a verba destinada a essas calçadas é de mais de dois milhões”, explicou o deputado.

 

Barbosa questionou ainda outros contratos com a Saneatins que segundo ele chegam a R$ 240 milhões só em Palmas. “Eu quero apenas verificar a veracidade e a legalidade desses contratos que estão reconhecidos em cartório entre a prefeitura de Palmas e a Foz Saneatins”.

 

Neste sentido, o deputado apresentou um requerimento pedindo informações sobre todos os contratos celebrados entre a Cidade de Palmas e a Saneatins. “Quero pedir informações para que façamos uma visita ao diretor presidente da empresa para verificarmos o percentual por essas obras, pois eu fico assustado com isso e precisamos verificar”, disse.

 

CPI da Saneatins

O deputado Olyntho informou que “não vai dar em nada” a visita ao presidente da Saneatins e defendeu que a CPI da Agro esgoto proposta por ele faça a convocação para esclarecimentos do presidente na Casa de Leis. “Ele nos trata com desprezo e por isso temos que fazer a convocação oficial”, disse o deputado.

 

O deputado Eduardo do Dertins (PPS), que preside a CPI Suspensa, falou da  importância da CPI da Saneatins ou da Agro esgoto. ”Pais e mães de família pagam suas contas e temos uma ferramenta, que é obrigação da Assembleia, parada. Gostaria de pedir que pudéssemos somar os esforços para dar a celeridade necessária para dar continuidade aos trabalhos que estão parados e que são tão importantes”, destacou o deputado