Palmas, Tocantins -

Política


Assembleia Legislativa
1.040 visualizações

Wanderlei sobe tom e rebate críticas de vereadores, de legislar em causa própria

O deputado Wanderlei Barbosa rebateu as acusações feitas pelos vereadores de Palmas de que a PEC apresentada pelo parlamentar, aprovada ontem, seria de interesse próprio
- Atualizada em

O deputado Wanderlei Barbosa usou seu tempo e de seu partido na tribuna da Assembleia Legislativa, na sessão da manhã desta quarta-feira, 4, para rebater as críticas feitas por vereadores de Palmas, de que ao apresentar a Proposta de Emenda Constitucional, que altera a lei das regiões metropolitanas, incluindo a AL nas discussões do Plano Diretor, estaria agindo por interesse próprio.

 

De acordo com o parlamentar, “os vereadores não estão cumprindo o papel de legislar em prol da população e se dedicam apenas a proteger a gestão municipal”. Wanderlei Barbosa disse que sua família vive na região desde 1976 e tudo que conquistaram foi ao longo dos anos. “Eles precisam legislar para os eleitores  e não como uma casca do prefeito, uma proteção do prefeito”, disse.

 

“As regiões metropolitanas compreendem muitos municípios e nós queremos aqui a prestação de serviços por interesse comum. Nós não queremos ingerência, não queremos legislar no lugar da Câmara, o que nós queremos é acompanhar o andamento de algumas leis”, destacou o deputado.

 

Com relação às acusações sobre o terreno de propriedade de seu pai, Fenelon Barbosa, o parlamentar destacou que o terreno é fruto de conquista, ao longo dos anos, dos que residem na região. “Meu pai tem essa propriedade desde 1969, se meu pai estiver algum terreno irregular, que eles saiam hoje e façam uma denúncia para os órgãos de fiscalização”, finalizou o deputado.