Palmas, Tocantins -
“Socorro, Quero Ser Mãe”

Jornalista Denise Rodrigues lançará livro sobre maternidade em Palmas

Lançamento será no dia 11 de julho, às 20 horas, no Folks  Old Bar, na Quadra 103 norte.
- Atualizada em
Denise e a filha Chiara. Divulgação

A jornalista e escritora Denise Rodrigues retorna a Palmas, onde morou por 12 anos, para lançar seu livro “Socorro, Quero Ser Mãe!” em edição atualizada e com novos capítulos. Passados 20 anos do lançamento original, feito em Palmas inclusive, Denise faz uma homenagem especial à cidade que acolheu seu sonho de maternidade com o nascimento de sua filha Chiara Theodora. 

 

No novo livro, a filha escreve o último capítulo. “Não poderia deixar de lançar o livro nesta cidade onde sempre fui tão feliz com minha família.” Conta a escritora. O lançamento será no dia 11 de julho, às 20 horas, no Folks  Old Bar, na Quadra 103 norte.

 

A Semente do Desejo

 

Segundo a escritora, enquanto para uns basta uma simples e prazerosa noite de amor, para outros engravidar é uma verdadeira via-crúcis. Ter um filho toma-se uma obsessão, um ponto de honra, uma necessidade tão premente quanto respirar.

 

É assim que a jornalista Denise Rodrigues começa seu livro “Socorro! Quero Ser Mãe! Porque não consigo engravidar?” em que conta a saga de 13 casais inférteis na luta pela maternidade.

 

Depois de anos tentando engravidar, buscando as mais diversas soluções e passando por situações de extrema solidão e dor, ela finalmente encontrou ajuda na ciência. Fez uma fertilização in vitro, ficou grávida e escreveu o livro em 1998.

 

"Eu não queria me sentir tão só com meu problema. E fazer o livro foi uma forma de saber como era isso para as outras mulheres. Quando minha filha fez um ano, lançamos o livro que ajudou muita gente”, conta a escritora.

 

Neste ano, Chiara completou 21 anos e Denise retoma o assunto com o relançamento do livro com atualizações e um capítulo inédito. Chiara Theodora conta como viveu sabendo que foi feita em laboratório e que isso gerou um livro.

 

Neste lançamento, a escritora dá uma nova dica: a sugestão de que mulheres que optam por ter filhos mais tarde congelem seus óvulos ainda jovens aumentando as chances de conseguir engravidar quando chegar a hora.

 

Da mesma forma, mulheres que irão se submeter a tratamentos de quimioterapia, também podem congelar seus óvulos evitando problemas futuros. 

 

“Socorro! Quero Ser Mãe” é um relato emocionante e ao mesmo tempo muito bem-humorado, que compartilha angústias, dúvidas, esperanças e vitórias.

 

Dados da OMS – Organização Mundial de Saúde - sobre a infertilidade conjugal em números:

 

- Cerca de 15% dos casais em idade reprodutiva

- Nos últimos 10 anos o número aumentou 8%

- Depois de um ano sem evitar, 20% não engravidam

- Dois anos sem evitar, 15% não engravidam

- Somente 50% dos casais que começam um tratamento conseguem engravidar.