Palmas, Tocantins -
Durante fiscalização
1.121 visualizações

Operadoras de turismo com irregularidades são multadas em R$ 675 mil

O resultado do trabalho foi a aplicação de 22 autos de infração a operadoras de turismo que se encontravam sem autorização ou com autorização vencida emitidas pelo Naturatins.
- Atualizada em
Fiscalização no Feriado de Corpus Christi . Naturatins - Divulgação

 

Nesta quarta-feira, 26, a Diretoria de Proteção e Qualidade Ambiental do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), apresentou relatório com o balanço sobre a operação fiscalizatória ocorrida no Feriado de Corpus Christi no Parque Estadual do Jalapão, entre os dias 19 e 23 de junho. A ação aconteceu em conjunto com os militares do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA).

 

O resultado do trabalho foi a aplicação de 22 (vinte e dois) autos de infração a operadoras de turismo que se encontravam sem autorização ou com autorização vencida, emitida pelo Naturatins para atuação na unidade de conservação. O valor das multas aplicadas variou entre R$ 20 mil e R$ 80 mil, totalizando R$ 675 mil.

 

Segundo o relatório da equipe de fiscalização, o principal objetivo era averiguar se as “Autorizações para Realização de Atividade de Uso Público” estavam vigentes. Durante o período entre 19 a 23 de junho foram fiscalizados veículos de 53 empresas. Atualmente, existem 91 operadoras cadastradas no Naturatins.

 

Eliandro Carlos Gualberto, diretor de Proteção e Qualidade Ambiental do Naturatins, destaca que nos períodos de feriado prolongado e durante as férias escolares de julho, as atividades de fiscalização serão mais intensas, tendo em vista o maior número de pessoas que se utiliza dos recursos naturais para a prática de atividades de lazer, especialmente em unidades de conservação.

 

“Nosso objetivo é sempre dar mais ênfase para as ações educativas, mas não podemos deixar de trabalhar com um foco coercitivo para evitar os danos ao meio ambiente”, apontou.