Praia da Tartaruga atrai turistas de outros estados

Aos que preferem maior contato com a natureza, a boa pedida neste período é acampar na praia. Lá é possível optar por locais muito ou pouco agitados.

Praia no município de Peixe
Descrição: Praia no município de Peixe

Localizada a 302 quilômetros da Capital, Palmas, a cidade de Peixe oferece boas alternativas nesta Temporada de Veraneio. Uma das mais procuradas é a praia da Tartaruga. Devido às suas belezas naturais, aliada à diversidade de opções de lazer, é frequentada por tocantinenses, especialmente das cidades vizinhas, mas também por turistas de estados a exemplo do Goiás e de Minas Gerais. “Sou goiana, mas sempre preferi as praias do Tocantins”, revelou Cleide Sampaio, natural de Ceres, GO.

 

Este ano a infraestrutura da Tartaruga foi terceirizada para uma Associação, que ficou responsável  desde os equipamentos da travessia, aos montados na praia, a exemplo de banheiros, tendas, palco, som e programação de shows. A cidade oferece quantidade razoável de hospedagem. Porém, aos que preferem maior contato com a natureza, a boa pedida neste período é acampar na praia. Lá é possível optar por locais muito ou pouco agitados.

 

Campings

Um dos diferenciais da Tartaruga é a oferta de hospedagens em campings instalados em áreas delimitadas na praia. A maioria funciona assim: ao valor de R$ 200 reais, por pessoa, adquire-se o direito de armar a barraca na área “privada”, além do café da manhã, duas refeições, refrigerante, água e atendimento pela equipe de apoio. O valor é o suficiente para três dias de hospedagem, incluindo fins de semana. O local é equipado com chuveiro elétrico e banheiro privado. O valor não inclui bebidas alcoólicas nem a travessia, cobrada ao valor de R$ 20 reais – ida e volta.

 

Rodrigo Ponce é sócio de um dos campings. Ele e quatro amigos alugaram um espaço na praia ao valor de R$ 4 mil e apostaram num empreendimento para o veraneio. “Acreditamos que teremos um bom retorno”, almejou. Segundo ele, o camping tem recebido especialmente turistas de outros estados. “Oferecemos mais praticidade e conforto, especialmente para quem vem de mais longe, pelo fato de a pessoa não precisar se preocupar com as tralhas necessárias para um bom acampamento”, garantiu.

 

E foi em um das mais de duas dezenas de campings instalados na Tartaruga, que o zootecnista Túlio Francisco de Assis escolheu para passar uma semana. Organizador de um grupo, acampou com a namorada, um casal de amigos e uma criança. Naturais de Porangatu (GO), a 200 quilômetros de Peixe, há quatro anos frequentam o local. A princípio iriam para Luis Eduardo Magalhães, distrito de São Miguel (GO), mas preferiram optar pelo Tocantins. “Aqui a praia é limpa e não tem mosquitos”, disse ele acrescentando: “a ordem aqui é ficar à toa (risos)”.

 

Proveniente de Joviânia (GO), família do comerciante João Quened, “com escrita abrasileirada, mesmo”, ressaltou, optou por acampar pela segunda vez na praia de Peixe, especialmente pela oportunidade do contato com a natureza. Composta por um grupo de 17 pessoas, de várias faixas etárias, preferiu ficar em uma área escolhida por eles mesmos, próximo à água. Para isso, não tiveram que pagar nada, além da travessia. “Aqui é um paraíso, o povo é educado, recebe bem”, justificou.

 

Tartaruga

A praia recebe este nome em decorrência da grande concentração de quelônios (tartarugas) que todos os anos, em meados de setembro,  fazem a desova no local. Além da hospitalidade, característica do tocantinense, a paisagem é de encher os olhos e de fazer o veranista se sentir privilegiado.

 

Serviço

O que: Praia da Tartaruga.

Onde: cidade de Peixe, a 302 quilômetros de Palmas.

Travessia: R$ 20 reais, ida e volta.

Cidade, Peixe: fica à margem esquerda do Rio Tocantins, no extremo centro-sul do Estado.  O clima é tropical e a temperatura média é de 28 graus centígrados.

Acesso rodoviário: rodovia TO-220 que liga Peixe a Gurupi

 

Comentários (0)